Junho 29, 2021
Do Reporter Popular
315 visualizações


Repórter Popular – Mato Grosso

Assim como em outras cidades do estado de Mato Grosso e do Brasil inteiro, as ruas do centro de Cuiabá também foram tomadas pelo grito de “Fora Bolsonaro, genocida”. O ato se concentrou na Praça Alencastro e saiu em marcha pelas principais avenidas do centro da cidade. Vários coletivos, organizações políticas, sindicatos, a juventude, mulheres, artistas, trabalhadoras/es, povo negro.

Através de faixas, falas, cantos e palavras de ordem, o ato lembrou as mais de 500 mil vítimas da COVID-19, mortes naturalizadas pelo descaso deliberado do Estado e dos governos. Além de denunciar a responsabilidade do governo de Bolsonaro nessas mortes, também foi denunciada a grave condição social a que o povo pobre está submetido neste momento: o alto custo de vida, que nos impõe preços abusivos em itens básicos (arroz, feijão, óleo, carne, gás de cozinha, energia, água etc.), desgaste dos salários de trabalhadoras e trabalhadores, retiradas de direitos.

Não deixou de ser denunciado, também, o governo estadual de Mauro Mendes, tão genocida quanto o federal; assim, foi denunciada a contradição de o estado de Mato Grosso ser um grande produtor de soja, entre outros, mas a população pagar caro em óleo de cozinha e alimentação, por exemplo, demonstrando que os lucros do agronegócio engordam os bolsos dos barões de cima e não trazem benefício algum para a população. A mensagem na rua estava clara: queremos o fim do governo genocida, o fim da retirada de direitos, o fim das políticas de mortes, vacina para todas e todos, comida e vida digna!

 

Próximas manifestações de rua

O mês de julho já anuncia novas mobilizações para as ruas do estado de Mato Grosso. Além do ato no dia 03J (sábado), em Cuiabá, há outras datas já sendo puxadas: 13 e 24 de julho.




Fonte: Reporterpopular.com.br