295 visualizações

Federação da Era do Anarquismo

1. Qual é a situação atual sob o Talibã?

A situação no Afeganistão durante a República anterior também era opressiva, mas com a ascensão do Talibã, tornou-se pior e insuportável. Avaliando a situação do ponto de vista econômico, é miserável porque não há infraestrutura econômica e o estado contou com ajuda global maciça na presença de forças da coalizão internacional por 20 anos. Com sua retirada e corte ou redução desse suporte econômico, o mercado de trabalho e a reviravolta econômica entraram em colapso. O Talibã ofereceu trigo em troca do trabalho do povo, o que é realmente ridículo. É impossível para os humanos ganhar a vida com grãos em troca de trabalho na vida urbana de hoje. Do ponto de vista da segurança, a situação no Afeganistão durante a atual era do Talibã depende da supressão e disseminação do medo entre os cidadãos afegãos. A falta de um sistema político abrangente sufocou a esperança dos afegãos para o futuro. Infelizmente, com a chegada do Talibã e sua ocupação do país, pouco espaço para educação e aprendizado que tínhamos é retirado. Como as pessoas não têm segurança psicológica e física, não podem ir aos centros educacionais por medo do Talibã. Infelizmente, quando as pessoas em uma sociedade não têm segurança física e psicológica, não ocorre criatividade. Porque toda atividade exige o bem-estar físico e mental do ser humano, ninguém cresce em tal sociedade, e veremos uma comunidade paralisada.

2. Estou muito curioso sobre o processo de estabelecimento de autoridade burocrática por meio do governo e dos militares.

O sistema político burocrático que se desenvolveu nos últimos 20 anos foi muito caro; Não acho que o Talibã possa arcar com todas essas despesas a longo prazo. Na época da República, os americanos pagavam US$ 3-4 bilhões por ano para o Exército dos EUA, mas o exército não conseguiu avançar na guerra. Com esta economia desintegrada e contando com receitas domésticas, o Talibã não consegue construir tal estrutura e exército no Afeganistão e é forçado a construir um sistema burocrático tradicional simples, de baixa intensidade. Por várias razões, grande parte do equipamento americano que caiu nas mãos do Talibã não dura muito. Helicópteros deixados pelos americanos para o Talibã não podem ser consertados em países vizinhos ou nações aparentemente aliadas do Talibã. Esses tipos de equipamentos devem ser reparados nos países da OTAN porque a tecnologia e o aparato de reparo existem lá, e os americanos não permitirão que o Talibã faça o contrário. Portanto, usar esses helicópteros e equipamentos para o Talibã será muito caro e desafiador, então eles não podem usá-los. Com o apoio e a cooperação da Rússia, China, Paquistão ou Irã, eles podem formar pelo menos um sistema burocrático com assistência financeira e equipamentos que recebem por meio desses canais.

3- Eles governam todas as sociedades do Afeganistão ou ainda existe algum autogoverno?

O Talibã tem mais sucesso dentro do Afeganistão do que o governo anterior porque os desenvolvimentos políticos e militares do Afeganistão sempre começam nas áreas rurais e bairros e depois nas cidades. O Talibã tem influência poderosa e soberania absoluta nos distritos e comunidades rurais do Afeganistão. O Talibã enfrenta atualmente uma série de ameaças no norte do país e em algumas outras cidades. Embora o Talibã tenha mais influência entre o povo do que nunca, existem grupos que operam aberta ou secretamente contra o regime do Talibã, como movimentos de rua de mulheres e atividades nas mídias sociais. A Frente de Resistência também está presente em várias províncias e praticamente combate o Talibã em uma guerra militar. Da mesma forma, alguns grupos recém-formados estão anunciando sua oposição ao Talibã. De acordo com o governo autônomo, isso é bastante natural porque o Afeganistão tem uma cultura diversificada, e as leis extremistas do Talibã não são aceitáveis ​​para o povo, e o governo autônomo surge espontaneamente.

4. Você acha certo chamar o governo talibã de governo dos fascistas teocráticos?

O Talibã pode ser considerado principalmente um grupo religioso e não étnico. A composição do governo talibã é principalmente Pashtun, mas em algumas de suas categorias também há comandantes Uzbeques e Tadjiques proeminentes. E, claro, o Talibã é uma espécie de regime fascista, oprimindo todos os grupos étnicos e os oprimindo da mesma maneira. Os ativistas são assassinados pelo Talibã, sejam eles do norte ou do sul do país. Além disso, os membros militares do antigo governo mortos pelo Talibã eram de todo o Afeganistão e de todas as etnias.

Fonte: https://asranarshism.com/1400/12/26/current-situation-afghanistan-en/

Tradução > GTR@Leibowitz__

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/08/17/afeganistao-ajude-nos-com-nossa-luta-contra-os-talibas/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2020/08/18/afeganistao-ira-anunciando-o-inicio-da-formacao-da-federacao-da-era-do-anarquismo/

agência de notícias anarquistas-ana

patins no gelo –
riscos que se cruzam
como novelo

Carlos Seabra



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org