Julho 17, 2021
Do Jornal Mapa
374 visualizações


BD de Lisa Lugrin | tradução de Júlio Henriques

A invasão zapatista já começou. No início de Maio, uma delegação saída de Chiapas fez-se ao mar a bordo da Montanha Zapatista e, durante 50 dias, atravessou o Atlântico rumo à Europa. A 20 de Junho avistaram as costas da Península Ibérica e, a 22 de Junho, desembarcaram em Vigo, onde foram recebidas por centenas de pessoas. Deu-se assim início a esta invasão inversa, feita de centenas de encontros com as lutas e resistências de toda a Europa, agora rebaptizada “Terra Insubmissa”. 

Para contar esta viagem, a desenhadora Lisa Lugrin tem vindo a publicar uma banda desenhada sobre a vinda dos Zapatistas à Europa em diferentes medias. A partir de hoje, numa colaboração entre a Flauta de Luz, o Jornal Mapa e a Guilhotina.info, publicaremos de 4 em 4 dias as traduções de Júlio Henriques para português das suas pranchas.



Sobre a autora:

Lisa Lugrin [1983, Thonon-les-Bains, França]. Estudou antropologia e cinema, interessando-se depois pela banda desenhada. Diplomada pela Escola de Banda Desenhada de Angoulême. Com o seu companheiro Clément Xavier, fundou a editora Na. Obteve o Prémio Revelação no Festival de Angoulême, em 2015, pelo álbum Yékini, le roi des arènes (Éditions FLBLB). É autora de várias BD, nomeadamente nas Éditions Delcourt (Géronimo, mémoires d’un résistant apache, Jujitsuffragettes, entre outros títulos).




Fonte: Jornalmapa.pt