Março 4, 2022
Do Agencia De Noticias Anarquistas
231 visualizações

No domingo, dia 27 de fevereiro de 2022, cerca de 60 pessoas se encontraram para uma demonstração anarquista no Arivati Park/Neuer Pferdemarkt de Hamburgo para tomar as ruas contra a guerra na Ucrânia e contra o militarismo.

Banners com “Pare a guerra! (em russo) – Contra a guerra na Ucrânia! Contra qualquer guerra! Contra qualquer militarização!” foram pendurados e foi proferido um discurso. Um cartaz anarquista antimilitarista foi distribuído e foi tirada uma foto em solidariedade aos e às camaradas anarquistas na Ucrânia.

Em sequência, houve uma manifestação espontânea em direção a Sternschanze, barrada pelos policiais que chegaram no local. Na noite do dia 26 de fevereiro, uma manifestação não divulgada contra a Fortress Europe aconteceu em Hamburg-Ottensen. Cerca de 30 pessoas descontaram sua raiva da situação atual na fronteira polonesa-bielorrussa indo às ruas.

Choveram panfletos na praça Alma-Wartenburg e, em frente ao Haspa (banco local), atearam fogo em uma barricada. Com muitos gritos contra fronteiras e nações, a rua foi tomada com confiança. Os panfletos, sob o slogan “Contra os Estados e suas guerras” em referência à guerra na Ucrânia, criticaram acima de tudo a situação na fronteira polonesa-bielorrussa e se posicionaram contra as fronteiras e Fortress Europe. Antes da chegada dos policiais, os e as participantes já haviam fugido do local.

Hoje em dia é importante fazer com que posições antiautoritárias e antimilitaristas sejam visíveis para a oposição da hegemonia militarista e nacionalista que está se espalhando.

Fonte: https://actforfree.noblogs.org/post/2022/03/01/hamburg-anarchist-interventions-against-all-wars-borders-and-states/

Tradução > Sky

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2022/02/22/contra-campos-de-internamento-manifestacao-internacional-na-polonia-em-12-de-fevereiro/

agência de notícias anarquistas-ana

no tempo do amor
meus sonhos de espaço vazio
mobiliado de fantasmas

Lisa Carducci



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org