Abril 2, 2021
Do Biblioteca Terra Livre
194 visualizações


O PL 5435/2020, apresentado pelo deputado Eduardo Girão (Podemos-CE), defende direitos de paternidade ao estuprador e, mais uma vez, pune as mulheres pela violência sexual cometida contra elas. Enquanto isso, do outro lado da fronteira, a Argentina aprovou a legalização do aborto no apagar das luzes do ano de 2020. Para refletir sobre este cenário, recebemos a Jully, do Coletivo Anarco Feminista Insubmissas (Cafi). Quer saber como foi? Vem com a gente!

Nos ouça em:

Megafono | Spotify | Apple podcast | Google podcast | Outros Agregadores




Fonte: Bibliotecaterralivre.noblogs.org