Março 14, 2022
Do Reporter Popular
173 visualizações

A Teia dos Povos em Luta no Rio Grande do Sul realizará, na quinta-feira (16), uma roda de conversa sobre como quilombos, aldeias, retomadas, ocupações, agroflorestas e assentamentos são processos territoriais podem reverter os efeitos de destruição do meio ambiente e garantir uma vida mais digna para o povo. “As retomadas e as lutas dos povos” será às 19h30, na Retomada da Casa dos Estudantes Indígenas (antiga sede da Secretaria Municipal da Indústria e Comércio (SMIC) – que fica próximo ao Túnel da Conceição e que está abandonada desde 2007).

O evento contará com a presença do Mestre Joelson Ferreira, liderança do Assentamento Terra Vista; e da Pajé Rita Muniz, do povo Tupinambá da aldeia Água Vermelha, ambos articuladores da Teia dos Povos na Bahia.

Também participarão a Kujà do povo Kaingang Iracema Gah Té Nascimento; o cacique Woie Patté do povo Xokleng; e Angélica Kaingang, lideranças da retomada que luta pela casa do estudante indígena na Universidade Federal do Rio Grande do Sul.




Fonte: Reporterpopular.com.br