en / fr / es / pt / de / it / ca / el

As notícias de 80 coletivos anarquistas são postados automaticamente aqui
Feed de notícias atualizado a cada 5 minutos

Source

Anarkio

Barricada Libertária 5 – Inverno – 2021

Nosso material, reativando a produção, boa leitura e livre divulgação, sempre, porque anarquia não é, nunca foi e nunca será mercadoria! Abraços livres! Share this... 00

Mova-se, anarquia É movimento!

Fomos a luta, queria reforma! Fizemos liberdade preferiu a escravidão… Aplicamos autogestão gritou submissão, partiu para partidos, autoritárias pessoas! Defendemos a igualdade ajoelhou serva das autoridades…. Agimos, fizemos a emancipação Mas sempre está pela conservação da opressão…

Abra olhos pessoas trabalhadoras!

Estamos caindo em mais uma cilada dos grupos opressores e exploradores. Esta armadilha consiste em colocar um partido e políticos conhecidos dos meios populares no poder e com eles manterem as coisas como estão: ruins e cada vez piores. A melhor parte é que como eles têm algum respeito, nossas c…

Organização Sindical Revolucionária

Ao se associar a uma estrutura anarcosindical, deve-se perguntar como ela funciona? É claro que a nossa organização é toda feita sobre os princípios anarquistas, então ela funciona assim: -Autogestão As ações e decisões são feitas pela participação de todas, o que é um processo de reed…

Sindicalismo Livre Já

É passada a hora de atuarmos em nossos locais de trabalho, construindo um novo sindicalismo, livre do modelo sindical que hoje impera, uma péssima herança da ditadura de Getúlio Vargas. Não só é um sindicalismo corporativo e hierarquizado de forma que a única atuação das pessoas trabalhado…

Da lei do trabalho, ou sobre o aperto da corrente da opressão e exploração, ou do acordado(será? Estejamos!) sobre legislado

Destacamos os pontos mais emblemáticos modificados pela reforma trabalhista, sancionada pela então pessoa presidente Temer no dia 13 de julho de 2017, da relação entre os setores de poder ou como é o termo “legal” empregador e as pessoas trabalhadoras, assalariadas, na forma “legal” emp…

Anarcossindicalismo no Brasil – Um convite a luta!

Saudações companheirada, muita saúde e força para todas.  O anarcossindicalismo no Brasil ainda é uma semente na luta pela emancipação de todas as pessoas trabalhadoras. O modelo econômico/social/político só atende as demandas dos grupos que controlam o modelo e o mantêm funcionando até…

Sindicalismo Revolucionário e Movimentos Sociais

Muitos entendem que os movimentos sociais estão em um nível de construção revolucionária muito a frente do sindicalismo, se entendermos que se referem justamente ao sindicalismo oficial, legal, reformista, fascista que já foi referido, realmente é um fato. O Movimento dos Trabalhadores Sem Te…

Anarquia e Sindicatos

É ilusão ver no sindicalismo uma solução revolucionária, mas é um apoio imprescindível para o processo de mudanças sociais profundas. A estrutura sindical legal/oficial/reformista é constituído de maneira perversa que leva ao isolamento das pessoas trabalhadoras e gera até interesses opos…

Trabalhadoras, precarizadas, desempregadas no Brasil

Organizar, lutar, resistir: Maio de 2021. A democracia Capitalista é o governo das elites do poder econômico associadas ao poder político-militar. A liberdade na democracia capitalista é secundária e está fundada em algumas “miragens” sociopolíticas e “determinações” econômicas. A…

Primeiro de Maio é dia de Luto e Luta!

Luta contra a exploração e Luto pela morte de trabalhadores e trabalhadoras que tombaram por uma nova sociedade! O Primeiro de Maio, além de lembrar dos anarquistas mortos nas manifestações pela redução das horas de trabalho de 1886 nos Estado Unidos, queremos reafirmar que o dia não é para…

Primeiro de Maio, memória de luta das pessoas trabalhadoras!

Em 1886, aconteceu em Chicago (EUA) uma grande manifestação a favor de 8 horas de trabalho diário. Era que naquele período a jornada de trabalho variava de acordo com os patrões com apoio do Estado, o que tornava normal jornadas de 10, 12, 14, 16 até de 24 horas de trabalho contínuo. Depois d…

Angelina Soares

Passou a morar em Santos de 1910 a 1914 junto com a família. Foi lá que Maria Angelina Soares conheceu o anarquismo, um pouco por influência do seu irmão Florentino de Carvalho (Primitivo Raimundo Soares). Ela era bordadeira.Em 1914, voltou para São Paulo, indo morar na Rua Bresser, no Brás, o…

Isabel Cerruti

Imigrante, Isabel veio bastante jovem ao Brasil, e, interessada desde cedo pelas idéias anarquistas, participou intensamente e de forma duradoura do movimento libertário. Não se sabe ao certo de que lugar emigrou, mas supõe-se que tenha sido da Itália. Isabel escreveu em jornais anarquistas,pro…

Propinqua Libertas

Clique na imagem para abrir o PDF, boa leitura Lucce Fabbri (do material Mulheres Anarquistas vol. 01, clique aqui para acessar) Acesse aqui uma entrevista com Luce Fabbri Share this... 00

A Mulher é uma degenerada

Clique na imagem para abrir PDF, boa leitura! Sobre Maria Lacerda de Moura clique aqui (do material Mulheres Anarquistas vol. 01, clique aqui para acessar) Livro Fascismo, Filho Dileto da Igreja e do Capital – Maria Lacerda de Moura Livro Ferrer, o Clero Romano e a Educação Laica Livro A Mulher…

Amai e… não vos multipliqueis

Clique na imagem para abri o pdf, boa leitura! (do material Mulheres Anarquistas vol. 01, clique aqui para acessar) Livro Fascismo, Filho Dileto da Igreja e do Capital – Maria Lacerda de Moura Livro Ferrer, o Clero Romano e a Educação Laica Livro A Mulher é uma degenerada Livro Serviço Obrigat…

Civilização – tronco de escravos

Clique na imagem para abrir PDF, boa leitura! (do material Mulheres Anarquistas vol. 01, clique aqui para acessar) Livro Fascismo, Filho Dileto da Igreja e do Capital – Maria Lacerda de Moura Livro Ferrer, o Clero Romano e a Educação Laica Livro A Mulher é uma degenerada Livro Serviço Obrigat…

Serviço Obrigatório para Mulher? Recuso-me!Denuncio!

“Cumprir um dever! Cumprir o dever de matar! Mas, não repugna a consciência a ideia de assassinar ou mutilar o semelhante? E como se pode harmonizar uma consciência com a ideia de matar o próximo? Quem me poderá convencer de que devo matar alguém? Que força humana pode armar o meu braço pa…

Sofia Garrido

Conhecida em todo o país como Sofia Garrido, seu verdadeiro nome era Maria Sophia Loaise. Era casada com o pedreiro Miguel Garrido, e entrou no Brasil pela fronteira, trazendo da Argentina as ideias e práticas anarquistas. Chegou a Santos com seu companheiro, que ali já tinha estado em 1915, exat…

Carolina Peres

Carolina Peres era companheira do anarquista Juan Peres, e dessa união nasceu Ideal Peres, anarquista como os pais. Ainda adolescente, Ideal começou a participar de diversos grupos anarquistas e fez parte do conselho editorial do informativo Libera… Amore Mio, do Centro de Estudos Libertários…

Elvira Boni

Filha de imigrantes italianos, nasce no Espírito Santo do Pinhal, no Estado de São Paulo. Começou a trabalhar aos 12 anos como aprendiz de costureira na Rua Uruguaiana, sem que recebesse de início nenhum salário, e depois passou a receber 10 mil réis por mês. Conhecia a Liga Anticlerical, e…

Matilde Magrassi

Matilde veio da Itália junto com seu companheiro Luigi Magrassi, para continuar no Brasil as atividades anarquistas que já realizava em sua terra. Junto com o companheiro, integrou os primeiros grupos libertários e de teatro social, fundados pelas pessoas anarquistas no Rio de Janeiro. Morou no R…

Ines Guida de Impemba

Inés Güida de Impemba Conhecida como “la Negra”, Inés Güida de Impemba morreu em 28 de maio de 1999, aos oitenta e quatro anos. Sua história começa em 1914, em meio a uma família numerosa de origem italiana, que vivia entre Sierra e Miguelete, Montevideo. Foi essencialmente uma educadora…

Entrevista com Luce Fabbri

Clique na imagem para abrir PDF, boa leitura! Sobre Lucce Fabbri acesse aqui Share this... 00


« Older posts



Anarchist news | Noticias anarquistas | Actualité anarchiste | Anarchistische Nachrichten | Notícias Anarquistas | Notizie anarchiche | Notícies anarquistes | Αναρχική Ομοσπονδία

As opiniões são dos colaboradores e não são necessariamente endossadas por Federacaoanarquista.com.br [aviso Legal]