Fevereiro 2, 2022
Do Reporter Popular
171 visualizações

O assassinato do congolês Moïse Kabamgabe, morto na noite de 24 de janeiro, chocou o povo. O jovem, de 24 anos, foi ao quiosque Tropicália (na Barra da Tijuca, bairro nobre na zona oeste do Rio de Janeiro) onde trabalhava cobrar as diárias que o dono não pagou a ele. Moïse foi agredido por um grupo de pelo menos 5 pessoas que usaram, inclusive, um pedaço de pau.

A brutalidade contra o imigrante gerou revolta e manifestações para que todos os responsáveis sejam devidamente cobrados estão sendo organizadas para o sábado, dia 5 de fevereiro. Confira, abaixo, alguns dos locais e horários que terão atos:

Rio de Janeiro – 10h – Em frente ao quiosque 8, praia da Barra da Tijuca;

São Paulo – 10h, no MASP (Av. Paulista, 1578)

Porto Alegre – 10h, local a confirmar

Santa Maria (RS) –  16h, na Praça Saldanha Marinho

Belo Horizonte – 10h, na Praça Sete

Brasília – 10h, local a confirmar




Fonte: Reporterpopular.com.br