230 visualizações


Neste 29 de abril, completam 6 anos de um dos mais violentos episódios de repressão contra a classe trabalhadora e os serviços públicos do Estado do Paraná. A intensidade da violência utilizada pelo Governo foi uma reação à uma grande mobilização que vinha sendo construída desde o início de 2015 pelo funcionalismo estadual e pelo movimento estudantil secundarista e universitário.

Naquele ano estivemos envolvidos diretamente, desde nossas atuações sindicais e estudantis, nas muitas lutas, greves, marchas e ocupações que precederam esse violento ataque do Governo, bem como na resistência frente aos tiros e bombas lançados contra trabalhadoras e trabalhadores pelos braços armados do Estado.

Hoje, seguimos na luta por direitos e em defesa dos serviços públicos no Paraná. Não esquecemos e nem perdoamos!




Fonte: Cabanarquista.org