Dezembro 4, 2020
Do Agencia De Noticias Anarquistas
238 visualizações


O grupo anarquista Obsidian fez uma chamada para o dia 6 de dezembro, dia em homenagem a Alexis Grigoropoulos.

A Chamada:

A desobediência não conhece “hora de agir”, ela vive nos momentos em que os indivíduos buscam uma maior liberdade. Uma liberdade definida pela luta para ganhar tempo e espaço para além das restrições sociais. Ela é uma reação à ordem atual, contra a sociedade passiva e pela promoção de nossos desejos individuais. Nada mais nada menos. Atualmente, muito pouco se fala sobre desobediência.

A desobediência é sempre pessoal e frequentemente espontânea, mesmo se realizada coletivamente. A desobediência é em seu cerne uma ação anarquista existindo para atacar, nunca apoiar a ordem atual. Esperaríamos que a desobediência e sua celebração aumentassem com a supressão do indivíduo e, neste momento, foi o que aconteceu.

O que dizer dessa supressão sem precedentes? Em um frenesi, os adeptos da sociedade e seus senhores recorrem ao autoritarismo distópico apoiado por leais soldados nacionais reacionários, a polícia. Eles chamam isso de progresso!

No curso da história humana, o progresso é uma história de falsos começos, becos sem saída e ideias que já viveram seu propósito. Na pior das hipóteses, o progresso é um curso que leva a humanidade à extinção.

O surgimento da Revolução Industrial nasceu da guerra contra o tempo livre e o espaço aberto, o capitalismo. Em sua essência, a situação prevalecente sempre foi anti-humana, mantida à tona por ganhos rápidos e agora decrescentes.

Com esses ganhos perdidos, a raça humana fica com o desastre. Não queremos nos concentrar em tangentes de futuros concebíveis. Temos plena consciência do momento significativo em que nos encontramos. Com isso dito, consideremos que o capitalismo sempre esteve fadado a se transformar na mesma guerra em que começou. Guerra essa que nossa desobediência se coloca como uma batalha por nosso tempo e espaço para vivermos livres.

Em tempos de extremo autoritarismo, a desobediência tem valor infinito à medida que sua capacidade de promover nosso desejo se expande. Desejamos desobediência.

Por liberdade, humanidade e um desejo insidioso de acabar com a ordem atual.

Que a cada ato de repressão que nos inflija floresça uma resistência cruel e infinita.

Esperando um inverno de anarquia.

Obsidian, 27 de novembro de 2020

Fonte: https://www.amwenglish.com/articles/call-december-6-winter-from-greece/

Tradução > A. Padalecki

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2019/12/07/grecia-manifesto-pelos-onze-anos-da-morte-de-alexis-grigoropoulos-reune-milhares-de-pessoas-em-atenas/

agência de notícias anarquistas-ana

os raios de sol
iluminam de manhã
o velho farol

Carlos Seabra




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org