Março 27, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
342 visualizações


Nossos amigos e familiares iniciaram junto com outros companheiros uma nova mobilização na segunda-feira passada, 22 de março do ano de 2021, mantendo como principal exigência a revogação das últimas modificações ao Decreto de Lei 321 que eterniza o cumprimento das condenações, em particular no caso do companheiro Marcelo Villarroel. O chamado sempre é para multiplicar a solidariedade, seja com as iniciativas já existentes e as que se possam levantar desde a autonomia dos diversos espaços, indivíduos, grupos e coletivos. Todos são necessários neste momento. Hoje a capacidade de repercussão desta luta se encontra na força das ruas, tanto na capacidade de contornar as quarentenas repressivas, como de se multiplicar o apoio de forma irrefreável.

Ressaltamos a participação dos que ainda sem estar condenados se solidarizam desde a ação dentro do cárcere para varrer todos os obstáculos que o poder pôs com relação à “liberdade condicional”, nesse sentido destacamos os prisioneiros da revolta de Santiago 1, e suas disposições de luta pelo fim da prisão preventiva como castigo.

Queremos aproveitar a instância para assinalar o absoluto isolamento que estão enfrentando nossos companheiros na prisão. Uma vez que tornaram a decretar a quarentena total das comunas onde se encontram os recintos carcerários, a nossos companheiros suspenderam completamente qualquer tipo de visita.

No mesmo sentido, a gendarmeria tomou uma decisão a nível nacional sobre o uso dos celulares institucionais ou chamadas por computadores do penal, utilizados como paliativos à ausência de visitas regulares. Desta vez e de forma evidente após a entrevista do prisioneiro político Mauricio Hernandez Norambuena, a nefasta instituição decidiu cancelar qualquer uso de internet e vídeo chamadas na comunicação com os prisioneiros, ainda quando se mantêm estipulado dito contato no mesmo protocolo que rege para o desenvolvimento do pavoroso sistema de visitas provisório que se instalou desde o regime de terror e exceção advindo da pandemia.

O empobrecimento da comunicação e vínculo com as pessoas encarceradas conta desde hoje só com o exíguo canal de algumas chamadas telefônicas por semana. Concretamente isto significa a impossibilidade de observarmos nossos amigos e familiares, ver suas caras, sorrisos e compartilhar gestos. Rechaçamos enfaticamente estas novas proibições e nova incomunicabilidade, aprofundando ainda mais o isolamento carcerário.

Nos opomos de maneira absoluta a estas medidas de castigo e disciplinamento de nossos companheiros, que nos afeta como famílias e entornos tão diretamente e que evidenciam as condições de sequestro sob as quais se encontram.

Assumimos o desafio com a luta anticarcerária constante como extensão inevitável de um caminho de resistência no cárcere e na rua e chamamos a romper distâncias e diferenças como passo necessário nesta luta que buscamos que se estenda para que nossos companheiros e familiares voltem a pisar as ruas.

Com toda a vontade disposta para romper o castigo e isolamento no qual hoje vivem, lutam e resistem nossos presos.

Multiplicar as redes solidárias com a greve de fome!

Pela revogação das últimas modificações à lei 321! Pelo fim da prisão preventiva como castigo!

Isolamento é tortura!

Enquanto exista miséria haverá rebelião!!

Morte ao estado e viva a Anarquia!!

Familiares e amigos de Presos Subversivos e Anarquistas; CAS, Máxima e Cárcere de San Miguel.

Quinta-feira, 25 de março de 2021

Fonte: https://buscandolakalle.wordpress.com/2021/03/25/ante-la-huelga-de-hambre-la-suspension-de-visitas-y-la-restriccion-de-comunicações/

Tradução > Sol de Abril

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/03/26/chile-barricadas-em-simon-bolivar/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/03/25/chile-agitacao-e-propaganda-em-solidariedade-com-os-presos-em-greve-de-fome/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/03/23/chile-comunicado-publico-de-inicio-da-greve-de-fome-por-parte-de-companheiros-subversivos-e-anarquistas/

agência de notícias anarquistas-ana

Eis a forma
Do vento do outono:
O capinzal!

kigin




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org