Julho 13, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
417 visualizações


Mais uma vez, a defesa da terra custou a vida de um novo weichafe em Wallmapu. Um membro de uma das ORT da Cordinadora Arauco Malleco (CAM) foi assassinado pela polícia militarizada que protegia as obras florestais da Forestal Mininco na rota que liga Tranapuente a Carahue, região de Araucanía. Isto aconteceu na tarde de sexta-feira, 9 de julho, após uma ação de sabotagem contra a empresa extrativista na qual incendiaram um ônibus, um caminhão-tanque e um trator.

Este comunicado reafirma o que nós revolucionários sempre afirmamos: Os Carabineiros do Chile e todas as polícias são um instrumento dos poderosos, o braço armado do Estado e do Capital, e isto não pode ser reformado, mas abolido pelos povos oprimidos que resistem.

Como proletários, mestiços e revolucionários, o chamado é para fortalecer redes autônomas de solidariedade com fortes raízes territoriais, para reconhecer aqueles de nós que são contra o Capitalismo e para alcançar processos ativos de recuperação de nossas vidas e da terra.

Vemos que mesmo que o cenário esteja sendo acomodado com o poder constituinte em exercício a possibilidades mais progressistas e a garantia dos direitos sociais e da terra, mesmo com representantes do povo mapuche e dos oprimidos no processo de modernização do Estado, isto não deve nos relaxar, mas pelo contrário: estamos vendo as consequências novamente hoje, com a contínua militarização dos territórios em resistência e esta nova morte.

Pela vida.

Pelo comunismo e a anarquia.

Terra e Liberdade!

WEUWAIÑ!

Solidaridad Obrera Biobío

agência de notícias anarquistas-ana

As folhas caindo
Na roça em frente ao portão
Divertem o gato.

Issa




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org