Março 26, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
213 visualizações


O ministro da saúde expressou que “é necessário combater a pandemia, reduzindo a mobilidade nos fins de semana”.

De segunda a sexta-feira a população tem que se deslocar em transporte público para atender normalmente os centros de exploração capitalista, esta mobilidade parece não ser a que causa a propagação da pandemia de acordo com eles.

Eles limitam toda a mobilidade nos fins de semana, impõem um toque de recolher noturno (que é o mais longo do mundo há mais de um ano) e assim por diante, um conjunto contínuo de medidas de retalhos que só pioram a situação sanitária.

Se o Estado e os empresários se preocupassem um pouco com nosso bem-estar, eles procurariam mecanismos para financiar e reduzir a mobilidade da mão-de-obra durante a semana e não apenas a distração e o desconforto do sábado e do domingo, mas como eles se preocupam mais com os lucros, nós, os pobres, continuaremos completamente à deriva.

O Estado não tem utilidade para os pobres e os empresários viciados em dinheiro manterão os trabalhadores durante toda a semana sob superlotação e exploração em meio à crise sanitária, tudo isso com a passividade e cumplicidade impune de todos os setores dos partidos políticos mais preocupados em continuar a enganar o povo para coletar votos do que para apoiar o povo pobre e suas reais necessidades.

Assassinos, genocidas e violentos são o governo, os partidos e a máfia empresarial.

A RETOMAR AS FORMAS DE PROTESTO POPULAR CONTRA A PANDEMIA DO ESTADO E DO CAPITAL!

Grupo de Propaganda Revolucionária – La Ruptura

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana

Se não tivessem voz
As garças desapareceriam
Sobre a neve da manhã

Sono-jo




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org