219 visualizações


Na noite de 3 de maio de 2021, estão há mais de 42 dias de greve de fome, nossos camaradas: Mónica Caballero, Francisco Solar, Joaquín García, Pablo Bahamondez, Juan Flores e Marcelo Villarroel.

Alguns minutos antes do toque de recolher, fomos para os bairros onde as panelas e frigideiras não ressoam para exigir migalhas deste governo assassino. Bairros que são habitados por aqueles que, apesar do contexto pandêmico, aumentaram excessivamente sua riqueza, enquanto em outros cantos do território dominado pelo Estado do Chile, a fome e a miséria são o cenário diário para muitos.

Atacamos este símbolo de dinheiro e capital, uma agência bancária localizada em Apoquindo, na esquina de Manquehue, no distrito de Las Condes. Como gesto de solidariedade com os camaradas em greve de fome desde 22 de março, pela revogação das emendas ao D.L 321, que usam seu corpo como única trincheira, num gesto de desafio à estrutura penitenciária e seu aparelho judiciário.

Fazemos um chamado urgente para mostrar solidariedade com os camaradas atrás das grades, que nem um único preso está sozinho, que solidariedade não é apenas uma palavra escrita. Com engenhosidade, podemos burlar seus mecanismos de controle e prolongar a ofensiva. Que nossos sonhos sejam seus piores pesadelos, que os bairros dos ricos tremam e que a revolta permanente exploda em seus rostos.

Nem pactos nem migalhas, guerra intransigente contra a sociedade carcerária e o estado capital.

Liberdade para os prisioneiros subversivos e anarquistas em greve de fome.

Incêndios e explosões contra o Estado e seus presídios.

Marcelo Villarroel para as ruas agora!

Este ataque é também um gesto para a memória viva do camarada anarquista Mauricio Morales.

Que as explosões ressoem em memória do punky Mauri, que Maio seja tingido de preto.

>> Vale a pena mencionar que tomamos todas as medidas e precauções possíveis para que a explosão não prejudicasse um único transeunte: Deixamos um aviso com a legenda “Fechado, desculpe pelo incômodo”, e o tempo utilizado gerará a ativação quando o toque de recolher já estiver em vigor.

P.S: Abraços fraternos aos camaradas que continuam conspirando dia após dia, cada gesto ofensivo é um sorriso cúmplice…

Célula Anticapitalista Simon Radowitzky Anti-Capitalista – Facção Anticarcerária.

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana

os aloendros
em fila
nos separavam do mundo

Guimarães Rosa




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org