Março 26, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
216 visualizações


Apresentação Assembleária

No calor da revolta, diferentes afinidades e moradores da comuna de Estación Central e arredores nos autoconvocamos no mês de dezembro para formar a Assembleia Libertária Chuchunco, como uma forma de romper o isolamento imposto pelas instituições submissas aos interesses capitalistas.

A assembleia é uma aposta coletiva de liberação, um espaço que nos permite organizar de forma horizontal sem mediação de líderes, dirigentes e/ou partidos políticos, para responder a nossas necessidades, sonhos e desejos fora das lógicas de mercado, do autoritarismo, do sexismo e do racismo.

A possibilidade de nos organizarmos desde nosso território a vemos como uma porta para a reconstrução do tecido social do bairro, rasgado na ditadura, em prol de projetos alternativos de vida. Nesse sentido, apostamos por gerar redes de solidariedade que nos permitam desde o autocuidado coletivo estabelecer uma rede local de apoio mútuo para resistir ao modo de vida capitalista, que precariza e sacrifica nossas vidas em benefício dos poderosos.

O caráter libertário da assembleia reflete o desejo de gerar um espaço organizativo que possa articular desde o pensamento anarquista propostas que respondam às problemáticas de nossa comunidade. Cremos que por meio da ação direta é como respondemos às necessidades de nossos bairros, longe do Estado e do capital. Assim, vamos construindo, desde a autonomia e desde baixo, comunidades de luta para estabelecer formas de vida em dignidade e em liberdade, que resistam simbólica, cultural e politicamente desde nossa própria vizinhança.

O território é o espaço socialmente construído, pelo mesmo, o trabalho colaborativo entre os moradores é fundamental para nosso bom viver, e a assembleia pretende ser uma ferramenta em dito desafio.

Assembleia Libertária Chuchunco

Valle del Mapocho (Est. Central, Stgo)

Contato: asamblealibertariachuchunco[arroba]riseup[ponto]net

agência de notícias anarquistas-ana

relampejou
sobre as árvores
a tarde trincou

Alonso Alvarez




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org