Abril 8, 2021
Do Reporter Popular
190 visualizações


No entorno do dia 28 de março, aniversário da morte do estudante Edson Luís pela ditadura militar, a Campanha realizou ações de mobilização e agitação contra o atual governo da morte. Na Grande Florianópolis, para convidar o povo à luta e mostrar solidariedade com as greves na educação, foram penduradas faixas e cartazes em diferentes regiões por onde se desloca a classe trabalhadora. Elas reivindicam auxílio emergencial digno, por redução nos preços e contas; por mais contratações e pelo não-retorno presencial das escolas, com kit merenda e internet para estudantes e professoras; e fechamentos efetivos contra a pandemia, além de vacinação imediata, popular e pelo SUS, com investimento em pesquisa pública.
Somos apenas um pequeno grão de areia na tempestade popular necessária para derrubar o atual governo e sua política de morte. Por isso, queremos convidar você a se somar nessas ações. Mobilizações por redes sociais são insuficientes. Esperar pelas próximas eleições não é nem mesmo uma opção, pois não sabemos quem chegará vivo até lá!
Os materiais usados para os cartazes e panfletos estão disponíveis abaixo. Uma impressão em A3 é ótima para pontos de ônibus, muros, escolas, locais de trabalho em geral. Uma impressão mais simples, em A5 (dois cartazes por folha tradicional), já se torna um bom material para colocar nas caixas de correio da sua rua. 
Venha com a gente, é hora de agir. Nossa força move o mundo, lutamos por vida digna!



Fonte: Reporterpopular.com.br