Setembro 30, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
403 visualizações


Refúgio de anarquistas, hippies e artistas, o bairro de Christiania, em Copenhague, capital da Dinamarca, está a celebrar os seus 50 anos de alma livre.

Foi em 26 de setembro de 1971 que um grupo de hippies transformou em casa a zona de um quartel do exército abandonado em pleno centro de Copenhague. Hastearam a bandeira da liberdade e batizaram o local de “Christiania, Freetown”.

O objetivo dos primeiros habitantes foi o de estabelecer uma sociedade alternativa, guiada pelos princípios da paz e do amor, onde as decisões fossem tomadas coletivamente e as leis não fossem cumpridas.

As drogas leves estavam disponíveis gratuitamente e a reciclagem e a partilha sobrepuseram-se à compra de produtos e bens.

“Era uma comunidade que pertencia a todos e a ninguém”, define à agência AFP Ole Lykke, que se mudou para o enclave de 34 hectares na década de 1970.

Esses princípios permanecem ainda bem enraizados, mas Christiania mudou de muitas maneiras. Os turistas serpenteiam e a dantes criticada economia de mercado é agora dominante.

Pelo meio, os residentes tornaram-se proprietários legais quando compraram algumas das terras ao Estado dinamarquês, em 2012.

Ainda assim, permanecem em Christiania 900 pessoas, muitas delas artistas e ativistas, além de restaurantes, cafés e lojas, populares entre o meio milhão de turistas que a visitam anualmente.

Os residentes obtiveram um empréstimo bancário de vários milhões de euros para poderem comprar o terreno e agora Christiania é gerida de forma independente através de uma fundação.

Mas continua um centro cultural e perseguida pela reputação de antro de drogas, sobretudo canábis e haxixe.

O espírito livre, esse, é que jamais se perdeu.

Fonte: agências de notícias

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2019/09/19/o-que-houve-com-o-sonho-de-christiania-de-se-tornar-o-paraiso-hippie-da-dinamarca/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/07/17/franca-relancamento-narrativas-de-christiania-de-jean-manuel-traimond/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2014/09/29/eua-dinamarca-filme-christiania-40-anos-de-ocupacao-2014/

agência de notícias anarquistas-ana

Fim da forte chuva –
O canto do sabiá
ressurge na mata

Alvaro Posselt



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org