Fevereiro 24, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
196 visualizações


Um chamado para enfrentar as ameaças de gangues fascistas juntos.

No ano passado, as várias gangues fascistas em Ljubljana estão agindo de formas cada vez mais ousadas. Eles espalham sua retórica violenta contra os imigrantes, contra aqueles que mantêm crenças diferentes das deles, contra artistas, antifascistas, contra a sociedade aberta e livre em geral. Sua lógica de exclusão não é limitada às redes sociais online. No esforço de melhorar seu perfil público, eles estão se tornando cada vez mais imorais, o que foi expresso também em sua recente visita com fotos tiradas dos chamados Yellow Wests a Metelkova, em seus apelos para a destruição de Metelkova e em contínuas campanhas de intimidação. Eles não escondem mais sua ideologia neonazi, suas tatuagens, símbolos e saudações – pois com certeza eles sabem muito bem que as autoridades oferecem segurança e legitimidade aos seus esforços e às suas ideias políticas mais nojentas.

A noite de segunda-feira trouxe um exemplo típico dessa sobreposição enquanto a força especial da polícia fortemente armada inundou as ruas próximas ao AKC Metelkova mesto – pouco tempo após o fim de uma procissão fúnebre pacífica no centro da cidade, dedicada à perda recente da [okupação] Fábrica Autônoma Rog – nosso espaço irmão. Mais de 40 policiais com equipamento da tropa de choque invadiram os pátios de Metelkova, tentaram entrar nas associações e em outros lugares, e intimidaram as pessoas que passavam. Eles não divulgaram formalmente as razões para sua intervenção, apesar de dizerem que eles vieram por causa do protesto que já tinha acabado e até sua explicação foi mais tarde alterada com a história de um “controle habitual de bares e restaurantes”. Devido ao número de policiais no local e a forma de mobilização, nós consideramos a intervenção da unidade especial da polícia nas instalações da zona autônoma Metelkova mesto uma intimidação inaceitável e um precursor de violência futura.

A responsabilidade por esse crescimento nas políticas de ódio e violência recai sobre aqueles nas posições de autoridade pública. Tanto naqueles que compartilham as ideias de intolerância quanto aqueles que gostariam de se apresentar como adversários políticos dos primeiros e socialmente sensíveis, mesmo tendo acabado de destruir a Fábrica Autônoma Rog. Gangues de rua já estão em busca de oportunidades para seguir o exemplo que o município de Ljubljana deu. É apenas uma questão de tempo até a atual violência simbólica das gangues fascistas dar lugar a ataques materiais e massacres contra as estruturas dos movimentos sociais e contra outros habitantes de Ljubljana.

Simplesmente ignorar, ridicularizar ou relativizar as ameaças que se dirigem a muitos lugares e indivíduos não as despachará para a lata de lixo da história no que constituiria uma repetição simbólica do que nossos ancestrais conseguiram realizar no meio do século passado e com amplo consenso social também. Suas ações certamente não irão parar nos alvos mais óbvios – AKC Metelkova mesto. Se nós queremos viver livremente, nós precisamos fazer mais como sociedade.

É por isso que a AKC Metelkova mesto apela para a solidariedade, para a resistência social geral e ação contra o crescimento da ameaça das gangues fascistas. Sua campanha e sua violência só pode ser parada juntas. É por isso que todos nós precisamos pensar – tanto em um nível individual quanto coletivo – sobre o que nós podemos fazer para mostrar claramente que Ljubjana permanece antifascista. Que a violência, os símbolos e o discurso fascista não tem lugar em nossas ruas. Vamos fazer tudo o que pudermos, para que nós ainda possamos caminhar sem preocupações nas ruas, para que nós possamos beijar livremente um ao outro, segurar as mãos, rir, criar, falar e viver nesta cidade. E seremos capazes de  fazê-lo como os indivíduos e as comunidades diversas que somos.

Ninguém irá lutar por nós. O perigo da violência fascista na rua não é coisa do futuro, de heróis abstratos ou de conceitos hipotéticos.

Está acontecendo aqui e agora. Vamos nos encontrar.

AKC Metelkova mesto

Ljubljana, 9 de fevereiro de 2021

Fonte: http://komunal.org/teksti/636-izjava-akc-metelkova-mesto-za-svobodno-mesto-za-antifasisticno-ljubljano

Tradução > Brulego

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/02/11/eslovenia-chamada-transnacional-de-ljubljana-para-doacoes-e-apoio/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2020/11/11/eslovenia-iniciativa-anarquista-ljubljana-isso-e-apenas-o-comeco/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2020/07/15/agitacao-crescente-contra-o-governo-de-direita-com-intencoes-autoritarias-neoliberais-e-nacionalistas-na-eslovenia/

agência de notícias anarquistas-ana

sussurro um ruído
(farfalhar de qualquer folha
ao pé de um ouvido)

Bith




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org