Abril 11, 2022
Do Agencia De Noticias Anarquistas
195 visualizações

Tomás Mardones Llorente, de Vitoria-Gasteiz, e Ángel Santamaría Legaria, de Moreda foram assassinados em Berriozar em 1º de novembro de 1936

A CNT Vitoria-Gasteiz busca familiares de dois presos alaveses assassinados em 1936. A Sociedade de Ciências Aranzadi exumou faz alguns dias em uma fossa em Berriozar (Navarra) 21 pessoas. Segundo publica a CNT em sua  conta de Twitter, se acredita que estas pessoas foram assassinadas em 1º de novembro de 1936, depois que lhes aplicaram a Lei de Fugas.

Os dois alaveses dos quais se busca agora suas famílias são Tomás Mardones Llorente, de Vitoria-Gasteiz, e Ángel Santamaría Legaria, de Moreda.

“A maioria deles não passava dos 30 anos. Os encarceraram e assassinaram por sua militância anarcossindicalista, organizando a luta obreira revolucionária com o comunismo libertário como objetivo”, detalha a CNT.

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/09/16/espanha-cadiz-concentracao-em-homenagem-as-vitimas-do-fascismo-em-puerto-real/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/04/06/espanha-meu-avo-ja-esta-enterrado-uma-sepultura-digna-para-duas-vitimas-do-franquismo-em-puerto-real-como-exemplo-do-fim-da-memoria/

agência de notícias anarquistas-ana

o sol inclinado
leva até minha parede
o gato do telhado

José Santos



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org