Março 24, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
430 visualizações


Tudo parece indicar que a era dourada do Capitalismo (especialmente para o Ocidente) terminou com a “pandemia”. Esta uniformização e disciplina da sociedade com as normas impostas devido à “pandemia”, vai no sentido de moldar um novo tipo de indivíduo, mais dócil, obediente e submisso, para que se adapte aos novos tempos de escassez (para uma maioria) e possivelmente de miséria (para uma minoria) que acontecerá em um curto período e que será ampliado à medida que o Sistema Técnico Universal for sendo imposto.

Quem acredita nas instituições do poder torna-se o escravo perfeito que perdeu completamente sua consciência. Sem consciência não há reflexão e sem reflexão não há consciência. Ele pode obedecer a todas as ordens que lhe são ditadas pelas autoridades, por mais absurdas que elas sejam, e adora a disciplina que sistematicamente lhe impõem.

As massas são o equivalente do espetáculo oferecido a elas pela mídia. Todo o espetáculo é planejado e seu poder reside na espetacularidade dos eventos baseada em sua emocionalidade e sentimentalismo, dramatizando ou desdramatizando seu conteúdo para entreter e manipular as massas.

O mundo se tornou uma prisão imensa, este fato em si mesmo contém uma grande verdade; que nós nunca fomos livres.

Esta “pandemia” tem sido a grande cortina de fumaça para refundar o capitalismo, desta forma todos os tipos de medidas são aceitos (em nome da segurança) e a reconversão para um novo modelo mais totalitário baseado na tecnologia é legitimada.

Uma sociedade que presta homenagem a seus executores (políticos e outros administradores) está condenada ao fracasso como civilização.

Fonte: https://matapuces.blogspot.com/2021/01/capitalismo-y-sumision.html

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana

uma pétala de rosa
no vento
ah, uma borboleta

Rogério Martins




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org