Junho 28, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
243 visualizações


Quem não tem olhos para ver a moral desta faixa não deve andar pela cidade ou mesmo ter um emprego.

Uma grande máxima apontada pela CNT que ajuda seu vizinho como você mesmo desde um dos melhores pontos de vista, o do apoio mútuo e o de fazer cumprir o horário, seja de 7 ou 8 horas, mas não mais além disso.

Uma fachada do antigo escritório do Bankia é a agraciada da vez onde a mensagem fixada em uma faixa, é clara e retumbante, “Faça amor e não horas extras ou trabalho à peça¹”, “Contra o desemprego apoio mútuo”, toda uma declaração de intenções que transmite que o excesso da jornada seja espalhado, mas em casa ou em qualquer outro lugar sempre em pares, seja pêra com maçã, maçã com maçã ou abacate com salmão.

O fato é que esta faixa ajuda, e muito, a refletir sobre o trabalho pensando na quantidade de horas extras perdidas e de trabalhos à peça quando há alguém esperando que você deixe o trabalho para se entregar aos prazeres que realmente importam.

Uma frase lapidária que terá que ser notada após uma pandemia que, embora certamente tenha causado em parte um baby boom, ainda precisa de mais horas de afeto em casa ou onde quer que seja necessário.

Você sabe, mais afeto e mais amor e menos trabalho, que embora dignifique faltarão postos de trabalho se você fizer horas extras ou trabalhos à peça. Quando você passar pelas Três Cruzes, você só terá que aguçar sua visão.

Fonte: https://www.zamoranews.com/articulo/imagendeldiazamora/haz-amor-guerra-dicho-ingenioso-cnt/20210521183840163863.html

[1] Trabalho por peça é qualquer tipo de emprego no qual um trabalhador recebe uma taxa fixa por peça por cada unidade produzida ou ação executada, independentemente do tempo.

agência de notícias anarquistas-ana

folhas no quintal
dançam ao vento
com as roupas do varal

Carlos Seabra




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org