Julho 22, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
230 visualizações


O companheiro Anselmo Tamayo, membro da SAYSEP em Valladolid, faleceu na segunda-feira, 19 de julho. Ele será colocado para descansar no dia 20 na mortuária de El Salvador, em Valladolid, às 16h00.

Um representante regular nas eleições confederadas e sempre dando uma mão à Organização.

Para Anselmo Tamayo

Adeus Anselmo

Se nosso sindicato é, como você dizia, vocação, dedicação, paixão, ação, veemência, convicção, colaboração, vontade, generosidade e dedicação, Anselmo, você foi, você é e você será para sempre, nossa referência.

Ninguém com maior vocação e paixão por esta organização. Você se entregou, Anselmo, sem reservas a tudo o que empreendeu. Você foi apaixonado ao ponto do excesso, um lutador incansável e com sua disposição infinita, você estimulou todos nós ao seu redor, infectando-nos com sua energia para a ação.

Você nunca foi superado por nenhum desafio e nunca desistiu de nada. Teimoso em suas convicções, veemente em sua defesa das mesmas, mas capaz de reconhecer erros e mudar critérios quando os argumentos eram razoáveis.

Generoso e disposto, você não poupou nem um pouco de energia em sua dedicação ao sindicato e àqueles de nós que o compõem. Sempre avançando para assumir responsabilidades; sempre na linha de frente, e em tantas ocasiões colocando sua vida em risco, e também perdendo.  Você deu tudo de si até o último momento e até o último suspiro. Por isto, por esta dedicação desmedida, você nos privou de sua companhia muito cedo.

Amigo Anselmo, companheiro Anselmo. Não nos despedimos de vocês, porque não podemos nem queremos. Você ainda está aqui, dando-nos guerra porque, como aquele que mais o ama hoje me disse, companheiro Anselmo, você é um guerreiro.

Que sua chama nos ilumine, seu exemplo nos guie e sua memória nos impulsione a tornar esta Confederação Geral do Trabalho ainda maior.

Descanse, porque você o merece.

Fonte: https://cgt.org.es/hasta-siempre-anselmo/

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana

Laranjais em flor.
Ah! que perfume tenuíssimo…
Esperei por ti…

Fanny Dupré



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org