Julho 19, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
412 visualizações


Escrevemos para comunicar que a proprietária do local da rua Matilde Hernández decidiu vender o local onde se situa nosso projeto. Como se não bastasse levarem dinheiro no fim do mês sem fazer nada, agora decidiram vender o local, contribuindo desta maneira para o aumento do preço das moradias do bairro, acelerando a gentrificação, e definitivamente  cedendo um espaço a mais aos ricos em detrimento dos pobres.

Desde a assembleia de gestão do local decidimos abandonar o espaço, já que a oferta que nos fez a proprietária consistia em renovarmos o contrato de aluguel, mas sob a ameaça de que quando vendessem o local seríamos expulsos. Ante esta insegurança apresentada como uma escolha (uma escolha em termos, pois não podemos decidir ficar, só se vamos agora ou esperamos que a proprietária nos expulse) saímos do local. No entanto, isto não quer dizer que o projeto Motín morra, pois Motín sempre foi muito mais que essas quatro paredes. Motín são as atividades que foram realizadas, os debates que se produziram, os encontros que ocorreram, as reflexões que geraram, a leitura dos livros de nossa biblioteca, os projetos que se reuniram nele… Definitivamente, Motín é tudo aquilo que conseguimos  arrebatar ao Estado e ao capitalismo, e recuperá-lo  para nossas próprias vidas. E com tudo isto não se pode acabar tirando-nos de um local.

Nós, as pessoas que fazemos parte da assembleia do projeto temos claro que a luta, de uma maneira ou de outra, deve continuar até que acabemos com todos os exploradores, assassinos e opressores. Por isso, o projeto vai passar por um processo de avaliação destes 4 anos e de reflexão sobre o futuro, sobre qual deve ser nosso próximo passo, sobre nossos acertos e erros, sobre aquilo que pudemos contribuir e possamos contribuir no futuro.

Queremos aproveitar para agradecer a todos e todas que colaboraram para gerar este espaço. Também recordar às pessoas que tem livros da biblioteca emprestados, que os devolvam estes dias para facilitar a mudança.

Agradecimentos a todos e todas e atenção para as próximas notícias.

Nos vemos nas ruas.

Morte ao Estado e viva a Anarquia.

localanarquistamotin.noblogs.org

Tradução > Sol de Abril

agência de notícias anarquistas-ana

estação vazia
no trem sozinho
um passarinho

Ricardo Portugal




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org