Novembro 25, 2020
Do Agencia De Noticias Anarquistas
311 visualizações


Meia centena de pessoas se reuniu no monumento da plaza Santa Ana para limpar a obra que recorda “o espírito” do líder anarquista Buenaventura Durruti | No ato pelo aniversário de seu assassinato seu sobrinho deixou uma planta símbolo de “resistência e sobrevivência”.

Voltar a fazer brilhar um monumento para a recordação. Esta é a razão pela qual cerca de meia centena de pessoas se reuniu na plaza de Santa Ana (León) esta tarde com o objetivo de limpar o ‘Hálito Durruti’, um monumento de bronze e pedra que comemora a figura do líder anarquista Buenaventura Durruti assassinado durante a Guerra Civil.

Seu sobrinho Manuel não quis perder o ato organizado pelo sindicato CGT e recordou a figura de pessoas que, como seu tio, se converteram em símbolos para grande parte da sociedade e cuja recordação em boa parte da Espanha está se perdendo. Assegura que o que se está fazendo com figuras como a de Largo Caballero é “uma aberração” e pede “um mínimo de dignidade e respeito à nossa história e a nosso passado”.

Uma planta com significado

Para recordar seu tio no aniversário de seu assassinato, Manuel quis deixar uma planta com um significado muito especial para ele e as pessoas presentes no ato. “Esta planta simboliza a resistência, porque cresce na América do Sul e não necessita mais que umidade e pó para sobreviver”, explica, e agradece que tantas pessoas tenham se reunido para recordar a um homem que “lutou por um mundo melhor”.

O monumento, doado pelo sindicato CGT à cidade de León em 2009, é obra de Diego Segura e tem um duplo significado: por um lado “a resistência e força do líder” e por outro, “seu espírito e ânimo que inspira a tantas pessoas”.

Com a ideia de dar uma nova vida ao monumento, várias pessoas vestidas com panos e produtos de limpeza esfregaram o bronze que já volta, de novo, a brilhar.

Fonte: https://www.leonoticias.com/leon/halito-durruti-brilla-20201120185751-nt.html?ref=http%3A%2F%2Frojoynegro.info%2F

Tradução > Sol de Abril

agência de notícias anarquistas-ana

greta no muro –
dois olhos ao fundo,
lá no escuro

Carlos Seabra




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org