Abril 16, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
291 visualizações


CNT – Sevilha   

O anarco-sindicalismo é uma corrente de pensamento que surgiu no final do século XIX e no início do século XX. Suas características fundamentais são:

– A intenção de agrupar o mundo do trabalho para a defesa de seus interesses imediatos, e para obter melhorias em sua qualidade de vida. Para este fim, formou sindicatos.

– A criação de uma estrutura na qual não haja líderes ou poder executivo.

– O desejo de uma transformação radical da sociedade, uma transformação que é alcançada por meio da Revolução Social. Sem um propósito transformador não há anarco-sindicalismo.  Outro nome para o anarco-sindicalismo é sindicalismo revolucionário.

Como se diferencia de outros sindicatos e movimentos sociais?

O anarco-sindicalismo está convencido de que as causas da desigualdade social e da injustiça se baseiam no poder, no princípio da autoridade, que faz com que uma minoria mande, disponham da riqueza gerada pela sociedade e mantém seus privilégios através da violência, e a maioria obedece, não tenha nada mais do que o que precisa para sobreviver e sofrer a violência deste grupo minoritário.

Consequentemente, o anarco-sindicalismo, a fim de eliminar a injustiça, opõe-se ao princípio da autoridade, à decisão das elites e à representação máxima do poder: o Estado.

Contra a organização hierárquica e autoritária do Estado – Capital e seu aparelho repressivo, o anarco-sindicalismo se opõe a sua Não-Organização. Isto supõe um processo, no qual as decisões são tomadas a partir da base, no qual as pessoas participam, no qual não há liderança (ou é muito limitada), não há repressão e há plena liberdade e igualdade no intercâmbio de ideias, opiniões e iniciativas.

O anarco-sindicalismo tenta ser o menos parecido possível com o capital-estado.  É, portanto, a mais “anti-organização” do modelo organizacional existente em nossos dias: o modelo autoritário.

A tática da ação direta no anarco-sindicalismo

A palavra tática significa agir no terreno de casos concretos.  Ação direta significa ação sem intermediários.  Solução direta dos problemas pelas partes envolvidas.  A Ação Direta, portanto, rejeita a atividade dos parlamentos, magistrados, comitês, governos, etc., nos assuntos do povo.

O único tipo de ação aprovada no anarco-sindicalismo, é a Tática de Ação Direta, em todos os seus congressos desde 1910. Entretanto, e para ser franco, é preciso admitir que, como os tempos e nossas forças são, às vezes recorremos a um tipo de ação mediada através de nossos escritórios jurídicos e das magistraturas trabalhistas.  Sempre tentamos resolver problemas sem recorrer a tímidos, o que significa deixar nossa soberania nas mãos do sistema judicial, alongando processos que seriam mais rápidos se houvesse uma resposta enérgica e gastando muito dinheiro para manter um sistema legal caro, parasitário, pernicioso e inútil. Mas há momentos em que, por falta de decisão, falta de apoio, falta de pessoas… não há outra escolha senão recorrer a profissionais do direito, ou não fazer absolutamente nada. Por esta razão, algumas vezes foi proposto admitir nos acordos de congressos a utilização, além da ação direta de preferência, de ação mediada quando não há outra escolha.

Este não foi o caso, porque enquanto a Ação Direta for mantida como a única tática que pode ser assumida pela militância anarco-sindicalista, manteremos nosso compromisso com ela, e toda vez que agirmos contra a Ação Direta, saberemos que estamos quebrando um acordo. Se admitirmos uma espécie de tática contra nossa estrutura e digerirmos o indigestível, é possível que quando tivermos força suficiente e pessoas para levar nossas opiniões adiante sem a necessidade de suportar regras legais, deixaremos de vê-la e recorreremos rotineiramente aos tribunais. A ação direta é sempre mais rápida, mais barata e mais eficaz do que o recurso à mediação. Ela tem a desvantagem de exigir mais energia e coragem para realizá-la.

> Trechos extraídos do texto Anarco-Sindicalismo Básico, que está disponível na versão completa em https://libcom.org/files/anarcosindicalismo_b%C3%A1sico.pdf

Fonte: http://periodicoellibertario.blogspot.com/2021/03/que-es-el-anarcosindicalismo-como-usa.html

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana

sob a árvore imóvel,
silêncio de pássaros dormindo;
paz na noite.

Alaor Chaves




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org