Novembro 6, 2020
Do Agencia De Noticias Anarquistas
317 visualizações


Desde o final do século XIX e até os estágios iniciais da Guerra Civil, Barcelona foi a capital do anarquismo mundial. Logo após o início da guerra fratricida, a CNT apreendeu o luxuoso Hotel Ritz de seus proprietários e transformou seus quartos ostentosos em um animado restaurante social, renomeado como a Gastronômic No. 1.

De acordo com uma notícia “vermelha” da época:

“O Ritz, que só era acessível a pessoas ricas, tornou-se um refúgio amigável para o povo da cidade. Em suas grandes cozinhas, a comida é preparada para aqueles que vêm ao hotel para satisfazer seu apetite. As grandes salas de jantar que antes eram ocupadas por donzelas frívolas, grandes financiadores, capitães da indústria, aristocratas ociosos e aventureiros internacionais de todas as faixas, agora estão cheias de homens e mulheres humildes que seguem o ritmo da sociedade que está sendo criada. Barcelona trabalha e come, essa é sua força e sua virtude”.

O Gastronômic mal durou duas estações: 1936 e 1937, quando os comunistas sob as ordens de Moscou esmagaram a comuna anarquista de Barcelona e prepararam o caminho para a vitória dos rebeldes. A guerra fratricida começou entre companheiros de trincheira e terminou com Franco em El Pardo.

>> Veja o vídeo (01:46) aqui:

https://www.youtube.com/watch?time_continue=48&v=PyJLmPtxRTM&feature=emb_title

Tradução > Liberto

Fonte: https://www.strambotic.com/ritz-de-barcelona-en-un-comedor-social/?fbclid=IwAR1j3ztSC4RL6Ez33Bd1ondCnsM8q4BXe2GDhAXKKSJIy8Y1z24ExmBdK1k

agência de notícias anarquistas-ana

Insetos que cantam…
Parece que as sombras se amam
nos cantos escuros.

Teruko Oda




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org