Abril 18, 2022
Do Agencia De Noticias Anarquistas
243 visualizações

Mumia Abu-Jamal está a 40 anos, 4 meses e 15 dias encarcerado nas prisões estadunidenses. Acusado da morte de um policial e condenado a morte em 1982, em 2011 sua pena foi comutada para prisão perpétua sem acesso à liberdade condicional.

Um lutador incansável desde dentro pela abolição das prisões, uma referência inegável de dignidade e temperância nas mais terríveis condições de encarceramento e isolamento.

Nossa opção de luta anticarcerária nos mantêm sempre atentos à sua vida de luta e resistência nas prisões do pior império que a humanidade registrou ao longo de sua história.

Surpreendentemente, as prisões pioraram com o passar do tempo, não melhoraram. E agora o sistema carcerário é maior do que jamais teríamos imaginado. Por isso, nos fazem falta mais movimentos para mudar as condições nas prisões, não menos. E a abolição das prisões têm que estar sobre a mesa. Queremos liberdade. Queremos liberdade. Queremos liberdade. O dizemos todas e todos.” – Mumia Abu-Jamal

Resiste!

agência de notícias anarquistas-ana

Hora do almoço.
Pela porta, com os raios de sol,
As sombras do outono.

Chora



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org