234 visualizações


Este ano, grupos anarquistas e autônomos anticapitalistas e anticoloniais realizaram eventos, ações e celebrações do Primeiro de Maio (May Day) em todo o mundo, inclusive na chamada América do Norte. Diferente dos anos anteriores, muitos grupos optaram por organizar seus próprios eventos com coalizões separadas, ao invés de pegar carona em eventos maiores organizados por sindicatos e grupos esquerdistas/marxista-leninistas.

Muitos desses eventos foram churrascos ou reuniões sociais em parques públicos, que atraíram grande comparecimento. Em cidades como Montreal, marchas em massa foram organizadas por anarquistas e grupos como os Trabalhadores Industriais do Mundo (IWW), enquanto em outras grandes cidades como Portland, Seattle e Oakland, as manifestações noturnas foram atacadas pela polícia. Os participantes também usaram o May Day para destacar as lutas em andamento: contra o ICE, encarceramento em massa, lutas trabalhistas, a crise imobiliária e assim por diante. No Brooklyn, membros do Movimento Abolicionista Revolucionário (RAM) organizaram uma caravana de carros em apoio às futuras ações anti-prisão.

Muitos relataram que essas ações e eventos ajudaram a criar um ambiente social amigável que permitiu às pessoas a chance de se encontrarem cara a cara – em alguns casos, a primeira vez desde o início da pandemia, enquanto compartilhavam ideias e encontravam novos amigos. Feliz Primeiro de Maio!

Fonte: https://itsgoingdown.org/may-day-2021/

Tradução > Da Vinci

agência de notícias anarquistas-ana

pousada na lama,
a borboleta amarela,
com calor, se abana

Alaor Chaves




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org