Novembro 24, 2020
Do Agencia De Noticias Anarquistas
374 visualizações


Undrowned (“Desafogada”) é uma meditação do tamanho de um livro para toda a espécie humana, baseada nas lições subversivas e transformadoras dos mamíferos marinhos. Alexis Pauline Gumbs passou centenas de horas observando nossos primos aquáticos. Ela descobriu que eles são queer, ferozes, protetores entre si, complexos, moldados pelo conflito e lutando para sobreviver às condições extrativistas e militarizadas que os humanos impuseram ao oceano. Empregando uma brilhante mistura de sensibilidade poética, observação naturalista e perspicácia feminista negra, ela traduz sua sabedoria submersa para revelar o que eles podem nos ensinar. O resultado é um poderoso trabalho de não-ficção criativa que produz não uma agenda específica, mas um espaço aberto para admiração e questionamento.

Parte da série “Emergent Strategy” [“Estratégia Emergente”], o livro é dividido em 80 pequenas meditações, cada uma agrupada em “movimentos” com nomes como “Escute”, “Respire”, “Permaneça negro” e “Vá fundo”. Um uso gracioso de metáforas e modelos naturais a serviço da justiça social, ele explora temas que abrangem desde as maneiras como a ecolocalização pode informar nossa compreensão de ação visionária até as formas similares que humanos e mamíferos marinhos se adaptam – ou podem se adaptar – no âmbito de nossas circunstâncias cada vez mais terríveis. A narrativa de Gumbs se move perfeitamente entre golfinhos nascidos em cativeiros e prisioneiras políticas negras dando à luz atrás das grades; entre os padrões de migração de golfinhos e o comércio escravagista do Atlântico. Uma leitura absolutamente única!

Alexis Pauline Gumbs é poeta, estudiosa independente e ativista. Ela é autora de Spill: Scenes of Black Feminist FugitivityM Archive: After the End of the World e Dub: Finding Ceremony.

Elogios antecipados para Undrowned:

“Alexis Pauline Gumbsnos empurra para fora de nossa zona de conforto e nos joga para dentro do mar, onde outras espécies estão se movendo e sendo maternais de formas que podem nos ensinar como sobreviver. Com suas belas reflexões sobre os hábitos e habitats das focas, lontras e peixes-boi, Gumbs nos mostra que os humanos não são os únicos afetados pelas mudanças climáticas, e que outros mamíferos conhecem a dor de ter seus filhos caçados. Undrowned é um presente e sua mensagem é clara: o mundo natural oferece soluções se nós simplesmente prestarmos atenção” – Dani McClain, autora de We Live for theWe

“Este livro é de devoção. Um convite para viver mais intencionalmente, mais em harmonia/Alinhado. Neste livro, a Divina Sereia, Alexis Pauline Gumbs, mergulha nos prantos dos Ancestrais ao dar o testamento e o testemunho ao brilho do Espírito Conhecedor além dos véus do tempo, lugar e encarnação. Aqui, Alexis serve de guia e tradutora de realidades vibracionais do sonho sobre como sobreviver, prosperar e mudar a forma deste mundo” –  Sharon Bridgforth, artista performática Doris Duke

“Alexis Pauline Gumbs rompe a superfície da vida como humana e mergulha fundo nas profundezas da vida nos oceanos do planeta, onde a vida humana começou, mas que agora é um perigo para eles. O abraço cativante, amoroso e de gênero que Gumbs dá nos mamíferos e o perigo humano que enfrentam, seu amor mamífero, levam-nos repensar e re-comportar o que é ser humano, pois ela nos lembra que humanos também são mamíferos, toda a vida é sagrada. Em cada página, Alexis Pauline Gumbs nos oferece uma nova definição de filosofia, uma nova definição de evolução. Se queremos verdadeiramente um modo mais justo de viver, de sermos interespécies. Esta é uma feminista negra inteligente, queer poética; uma evangelista do amor fazendo ofertas abolicionistas. Pegue. E seja a mudança” – Alexis De Veaux, autor de Warrior Poet: A Biography of Audre Lorde

Undrowned – Black Feminist Lessons from Marine Mammals

Alexis Pauline Gumbs (Autora)

Editora: AK Press

Formato: Livro

Encadernação: pb

Páginas: 192

ISBN-13: 9781849353977

$15,00

akpress.org

Tradução > Erico Liberatti

agência de notícias anarquistas-ana

A cerejeira
cor de rosa florida
ficando verde.

Sérgio Francisco Pichorim




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org