360 visualizações


Hillary Lazar (Editor); Lara Messersmith-Glavin (Editor); Paul Messersmith-Glavin (Editor); Maia Ramnath (Editor); Theresa Warburton (Editor)

Perspectives on Anarchist Theory é uma revista essencial publicada pelo Institute for Anarchist Studies [Instituto de Estudos Anarquistas], organização fundada para apoiar o desenvolvimento do anarquismo e coeditora conosco da série “Anarchist Interventions” [Intervenções Anarquistas]. A revista disponibiliza ensaios recentes de escritores e tradutores apoiados pelo IAS, artigos com opiniões anarquistas sobre temas contemporâneos, resenhas de livros, atualizações, e muito mais. Recomendamos muito que se percorra Perspectives – seus editores montam uma sólida gama de elementos que exploram um tema diferente a cada publicação. Vale sempre a pena ler e considerar o papel que esses tópicos desempenham em nossas lutas.

Nova edição! O número 32 é intitulado “Power”

O coletivo Perspectives colabora com Kai Lumumba Barrow que traz a arte da Gallery of the Streetsnesta última edição de 208 páginas. Gallery of the Streets é uma rede de artistas autônomos, ativistas e estudiosos comprometidos com a construção do movimento abolicionista. Norteados pela política feminista queer negra, seu trabalho é criado por pessoas que vivem, amam, lutam, trabalham e brincam à margem do capitalismo racial e de gênero, do controle carcerário e da violência ambiental. Com arte e design coloridos da Eberhardt Press, esta é uma publicação impressionante, produzida apesar da pandemia e em meio ao Uprising. Apresenta ensaios sobre surrealismo e mudança climática; Rojava e anarquismo; solidariedade e mutirões de Porto Rico até as ruas de Minneapolis e Portland; construir poder online, arrecadar dinheiro, aprender sobre organização, desenvolver-se, construir comunidades; abolir a polícia, e insights sobre o George Floyd Square; organizar-se em meio a esta era de protesto e pandemia; David Graeber e o poder da imaginação; construir outro mundo de comunalismo contra o capitalismo Covid; sobreviver à pandemia, o que fazer em meio a lacrimogêneos; recuperar-se do trauma; organizar a revolução com sucesso; e novas resenhas de livros!

“Quer pensemos no poder figurativa ou literalmente, ou em algum lugar no meio, talvez uma das respostas mais aforísticas à questão do que acontece quando o poder se apaga é que ‘é melhor acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão’. …É preciso força nova e velha, novos e velhos conhecimentos, novos e velhos relacionamentos para lembrar as infraestruturas que já tínhamos quando nos tornamos dependentes de outros. É preciso tanto trabalho para construir novas. Pode ser cansativo e convidar-nos ao conforto de algo conhecido, para não dizer confiável e acolhedor ou até mesmo consolador. Mas em vez de dormir, quando a energia se apaga, nos levantamos”.

Da Introdução à questão “Poder” de Perspectives

Editora: Institute For Anarchist Studies

Formato: Livro

Encadernação: Jornal

Páginas: 208

Publicado em: 1º de maio de 2021

USD 16.00

akpress.org

Tradução > Alainf_13

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2020/04/17/eua-chamada-para-propostas-perspectives-on-anarchist-theory-assunto-especial-pandemias-hierarquizadas/

agência de notícias anarquistas-ana

já águas passadas
a gotejar das marquises —
ecos estivais

Alexander Pasqual




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org