Dezembro 21, 2020
Do Agencia De Noticias Anarquistas
328 visualizações


Revolucionária, feminista e ícone anarquista, Louise Michel é uma das únicas mulheres francesas com seu nome numa estação de metrô.

Louise Michel (1830-1905) foi uma importante figura na Comuna de Paris de 1871, uma milícia radical de esquerda que tomou o poder na capital e governou por dois meses.

Anarquista e feminista, Michel convocou as massas a pegarem em armas contra o governo.

A Comuna de Paris é reconhecida como um dos quatro grandes eventos que moldaram a França moderna. As mulheres desempenharam um papel central na Comuna, organizando, levantando barricadas e lutando.

Quando a Comuna foi derrotada, cerca de 20 mil participantes das revoltas foram executados.

Michel foi uma das que foi poupada e deportada, passando anos no território francês ultramarino da Nova Caledônia. Em 1880, o governo concedeu anistia a ela e a outros participantes da Comuna.

Ela retornou à França ainda cheia de paixão revolucionária, que ela continuou a espalhar até ser presa em 1890 e, em seguida, mudar-se para Londres.

Fora de suas atividades mais revolucionárias, Michel abriu uma escola em Paris, em 1865, a qual foi reconhecida por seus métodos progressistas.

Ela também se correspondeu com Victor Hugo, o famoso autor francês, e publicou algumas poesias.

Quando ela morreu, em 1905, seu funeral reuniu mais de 100 mil pessoas.

Michel foi a única mulher francesa a ter uma estação de metrô batizada com seu nome (embora Marie Curie, nascida na Polônia, tenha uma estação nomeada ao lado do marido Pierre; e Simone Veil também nomeie metade de uma estação).

Fonte: https://www.thelocal.fr/20201208/france-figures-louise-michel

Tradução > Erico Liberatti

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/03/08/franca-louise-michel-no-centro-de-uma-peca-de-teatro/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/02/09/franca-a-tentativa-de-assassinato-de-louise-michel-no-havre-uma-peca-de-teatro-de-patrice-rannou/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2016/11/24/franca-cd-canto-por-louise-michel/

agência de notícias anarquistas-ana

Uma quaresmeira
roxeia o cerrado.
Dói um coração.

Onofra




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org