Abril 16, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
292 visualizações


Os anos que antecederam os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro foram cercados de muitas expectativas. Por um lado haviam aqueles que sonhavam com a projeção do Brasil como uma nova potência, capaz de grandes feitos, como a realização do inédito evento no Brasil, por outro, uma parcela da sociedade sabia que os custos sociais, políticos, ambientais e econômicos de tal evento cairiam sobre a sociedade, em especial sobre os mais explorados: pobres, imigrantes, mulheres.

Como uma cartilha macabra – aplicada incessantemente a favor das grandes construtoras, governos e bancos investidores – os Jogos Olímpicos seguem deixando seu rastro de sangue e destruição por todos os territórios que passam. E a realidade para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 não é diferente.

Como relatado na série de reportagens sonoras, intitulada Jardins da Comuna¹, o município de Aubervilliers, o segundo mais pobre da França que conta com uma enorme população de imigrantes, está enfrentando um intenso processo de especulação imobiliária e destruição das áreas comuns, em especial dos Jardins Operários, território fundamental para a garantia da soberania alimentar desta população em condição de vulnerabilidade extrema.

Para tentar conter a destruição deste território, no próximo sábado, dia 17 de abril, haverá uma série de manifestações em defesa dos Jardins.

Como toda luta social, quanto mais pressão e quanto maior a solidariedade internacional, maior a chance de vitória.

Neste sentido, convidamos todas as pessoas solidárias à luta a produzir uma imagem (foto | desenho) com mensagens em apoio as jardineiras e jardineiros de Aubervilliers e as árvores que já estão sendo arrancadas dos jardins (ex. msg.: Ipê amarelo (árvore da sua região) em solidariedade as cerejeiras /  alperces dos Jardins de Aubervielliers), para que estas mensagens possam ser impressas e levadas para as ruas de Paris no sábado (17) para integrar a manifestação.

As imagens podem ser enviadas por email (bibliotecaterralivre@gmail.com) ou postadas no Instagram marcando a @bibliotecaterralivre e @papacapim_sandra e utilizando a hashtag #JO2024

Outra forma de apoiar é assinando a petição: https://www.change.org/p/mairie-d-aubervilliers-jo2024-sauvons-les-jardins-des-vertus

Para escutar os episódios do Jardins da Comuna acesse: https://bibliotecaterralivre.noblogs.org/jardins-da-comuna/

Solidariedade é mais do que uma palavra!

Biblioteca Terra Livre
bibliotecaterralivre.noblogs.org

[1] https://bibliotecaterralivre.noblogs.org/jardins-da-comuna/

agência de notícias anarquistas-ana

Saltando da mesa
a tulipa
foi passear

Eugénia Tabosa




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org