Junho 30, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
199 visualizações


• 65% de abstenção no segundo turno, é um recorde. Os representantes eleitos nas regionais de 2021 não têm nenhuma legitimidade: apenas 35% dos eleitores registrados colocaram uma cédula na urna eleitoral. E culpar os abstencionistas não leva a nada. Para que nomear senhores que nunca ouvem, nem prestam contas uma vez eleitos e que impõem decisões impopulares recorrendo ao 49,3¹ e a granadas? A verdadeira lição dessas eleições é o rejeito massivo de toda a classe política.

• A LREM [partido do Macron] não ganhou nenhuma região e leva uma surra monumental com apenas 3% dos eleitores registrados. De Rugy até caiu em comparação com o primeiro turno! Nenhuma região para o RN [partido de extrema direita] também, apesar de ter sido consideravelmente apoiado pela mídia. A direita Macronista e a extrema-direita Lepenista acumulam dolorosamente um quarto dos eleitores, que já são minoritários. Porém, são estes dois partidos que impõem suas palavras, suas ideias e sua agenda mortífera em todas as mídias há anos.

• A direita radicalizada do LREM conquistou muitas regiões, especialmente a Pays-de-la-Loire. É uma direita tradicionalista, homofóbica e ultracapitalista. Com esta direita na direção da região de Nantes, um impulso será dado para projetos que destroem a ecologia, mais tecnopolícia e sempre menos social. Diante dessa direita e dos demais partidos, vamos organizar a resistência. Votando ou não, o que importa é o que acontece fora das urnas, fora das eleições.

Revolta de Nantes

[1] Artigo da Constituição francesa que permite ao governo adotar rapidamente um projeto de lei.

Tradução > Mawie

agência de notícias anarquistas-ana

As estrelas no lago
Aparecem e desaparecem —
Chuva de inverno.

Sora




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org