Março 9, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
404 visualizações


Cerca de cinquenta organizações do movimento social e sindical, incluindo um bom número nos setores de saúde e químico, estão lançando um chamado para petições, calorosamente apoiado pela União Comunista Libertária.

 • Patentes de vacinas: pare!

• Todas as vacinas autorizadas devem se tornar “bens comuns” da humanidade!

• Requisição de empresas para a produção de vacinas e tratamentos anti-coronavírus!

• Controle cidadão sobre acordos, patentes, ensaios clínicos, farmacovigilância, para vacinas e tratamentos seguros e bem testados!

Diante do Covid-19, a emergência imediata é a prevenção, construída com a população, o reforço do sistema de saúde (leitos, pessoal…), e não o medo do gendarme, do policial, ineficiente. A vacinação é um meio central para deter a pandemia.

No entanto, esta campanha está paralisada, o governo e as autoridades públicas não estão em condições de atender às necessidades, devido à falta de antecipação, mas sobretudo porque os laboratórios farmacêuticos reservam a possibilidade de obter lucros enormes graças às patentes das vacinas autorizadas. Esta lógica priva as pessoas mais pobres e os países mais pobres de vacinas, correndo o risco de surgimento de variantes ainda mais agressivas.

Vamos agir em conjunto para impor:

• A suspensão da aplicação de patentes de vacinas e tratamentos médicos anti-coronavírus, em favor da partilha de conhecimentos, tecnologias e da multiplicação de sua transferência, de know-how, do aumento do número de produtores, em escala europeia e mundial, sob a égide da OMS.

• Que todas as vacinas autorizadas se tornem bens comuns da humanidade e sejam acessíveis a todas as populações do mundo.

• A requisição de empresas farmacêuticas para produzir essas vacinas e tratamentos médicos de acordo com os padrões de segurança e qualidade exigidos, a fim de abastecer os povos do mundo em quantidade suficiente e gratuitamente e para evitar a escassez.

• Controle cidadão e transparência total sobre acordos, ensaios clínicos, farmacovigilância, para vacinas seguras e bem testadas, assim como a proteção de dados de saúde. O dinheiro público dos cidadãos não pode ser usado para pagar duas vezes às empresas farmacêuticas, primeiro no desenvolvimento e depois na produção e comercialização, e assim alimentar seus lucros.

• Um plano de emergência global cooperativo de vacinação como parte da política global comum de saúde pública, sob os auspícios da OMS.

Apoiamos a Iniciativa dos Cidadãos Europeus para peticionar à Comissão Europeia: Não há lucro com a pandemia.

Pedimos a você que assine esta petição aqui em grande número.

Assinaturas coletivas:

ACT-UP Paris / Agora des habitants de la Terre / AITEC Association Internationale de Techniciens, Experts et Chercheurs / APEIS Association pour l’emploi l’information et la solidarité / Appel des appels / Association Ban Asbestos France / Association Henri Pézerat / Association pour l’Autogestion / Association Sciences Citoyennes / ATTAC France / CADAC coordination des associations pour le droit à l’avortement et la contraception / CEDETIM Centre d’études et d’Initiatives de Solidarité internationale / Cerises la coopérative / CGT-Sanofi / CNT-SO / Collectif antisanofric / Collectif inter-blocs / Collectif inter-urgences / Collectif intersyndical cmpp86 / Collectif la Santé n’est pas une marchandise / Collectif Médicament Bien Commun / Collectif Médicament-Santé d’Initiatives Capitalexit / Collectif National des Psychologues UFMICT-CGT / Collectif Notre Santé en Danger / Comite de vigilance pour le maintien des services publics de proximité en Haute-Saône / Comité défense santé publique du Doubs / Comité ivryen pour la santé et l’hôpital public / Convergence Nationale des Collectifs de Défense et de Développement des Services Publics / Coordination nationale des comités de défense des hôpitaux et maternitésde proximité / Europe Solidaire Sans Frontières / Fédération CGT de la santé et de l’action sociale / Fédération SUD Santé-Sociaux / Fondation Copernic  / Le Printemps de la Psychiatrie / Médicament Bien Commun / Mouvement contre le racisme et pour l’amitié entre les peuples (MRAP) / Mutuelles de travailleurs du Vaucluse / Observatoire de la transparence dans les politiques du médicament / Réseau mondial du Comité pour l’Abolition des Dettes Illégitimes (CADTM) / Résistance sociale / SUD Chimie Solidaires / SUD Recherche EPST / Syndicat de la Médecine Générale / Syndicat des Psychiatres des Hôpitaux / Syndicat SUD-Chimie Janssen VDR / Union fédérale SUD-Industrie / Union Syndicale de la Psychiatrie / Union Syndicale Solidaire.

Assinaturas individuais:

Mais de uma centena de médicos, pesquisadores, sindicalistas, jornalistas e ativistas comunitários podem ser encontrados aqui:

https://www.wesign.it/fr/sante/brevets-sur-les-vaccins-anti-covid-stop-requisition-

Fonte: https://www.unioncommunistelibertaire.org/?Brevets-sur-les-vaccins-anti-covid-stop-requisition

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana

De traje a rigor
os urubus em meneios
bailando nas nuvens.

Anibal Beça




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org