178 visualizações


A maioria de nós tem apenas uma visão abstrata e principalmente negativa da anarquia. Entretanto, a corrente de pensamento defendida por Pierre-Joseph Proudhon esteve na vanguarda dos movimentos de protesto contra a economia liberal no século XIX, antes de desaparecer nas mentes da esquerda em favor do marxismo. É, portanto, uma alternativa ao socialismo marxista que Thibault Isabel, filósofo e historiador das civilizações, se propõe a descobrir.

Ser governado é ser mantido em vista, inspecionado, espiado, dirigido, legislado, regulamentado, estacionado, doutrinado, pregado, controlado, estimado, apreciado, censurado, comandado, por seres que não têm título, nem ciência, nem virtude, escreveu Pierre-Joseph Proudhon. A partir destas palavras, entendemos que Proudhon – ao contrário dos seguidores de Marx que estabeleceram uma máquina burocrática em expansão – queria se libertar tanto de um estado forte quanto de um sistema econômico capitalista e oligárquico.

Através de quinze curtos capítulos, Thibault Isabel tenta sintetizar o pensamento anarquista, tanto em seus aspectos econômicos (sistema cooperativo, sociedades mútuas) quanto políticos (importância da comuna, organização federal altamente descentralizada). E se se compreende os conceitos essenciais que podem ser ligados a certas iniciativas históricas, é difícil, no entanto, ter uma ideia precisa da aplicabilidade das medidas em larga escala, por falta de exemplos concretos. E esta é a principal crítica que pode ser feita a este livro, além da aridez de seu conteúdo: se o autor acredita que o pensamento de Proudhon é uma alternativa aos sistemas políticos e econômicos atuais, seu livro não é a introdução mais fácil para introduzir novos seguidores a esta filosofia e, portanto, exigirá inúmeras releituras.

No final, podemos saudar a iniciativa de Thibault Isabel de nos fazer descobrir um pensador esquecido, um filósofo que, sem dúvida, compreendeu o funcionamento da sociedade muito melhor do que muitos outros antes e depois dele. No entanto, a complexidade do assunto deixará muitos leitores apenas na superfície.

Título: Pierre-Joseph Proudhon, l’anarchie sans le désordre

Autor: Thibault Isabel

Edições: Autrement

Páginas: 182

Data de publicação: 10 de março de 2021

Gênero: Filosofia

Preço: 19,00 Euros

Fonte: https://www.lesuricate.org/pierre-joseph-proudhon-lanarchie-sans-le-desordre/

Tradução > Liberto

agência de notícias anarquistas-ana

Refletem no zinco
sobre a casa do vizinho,
raios da lua cheia.

Matusalém Dias de Moura




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org