Dezembro 16, 2020
Do Agencia De Noticias Anarquistas
188 visualizações


Solidariedade com os militantes sindicais e libertários vítimas de agressão da extrema direita no sábado, 12 de dezembro, após coleta de roupas e brinquedos organizada por uma associação para famílias carentes nas dependências da livraria anarquista La Plume Noire.

A União Departamental 69 dos sindicatos CNT (Confederação Nacional do Trabalho) deseja apoiar nossos camaradas sindicalistas do “Solidaires” e ativistas libertários da UCL (União Comunista Libertária) que foram agredidos e espancados por militantes de extrema direita.

Neste sábado, 12 de dezembro de 2020, enquanto dois deles fechavam a livraria La Plume Noire, na rue Diderot 8 do 1º arrondissement, foram violentamente atacados por uma dezena de fascistas, a ponto de se requerer então a intervenção dos bombeiros e a transferência destes dois camaradas para o hospital.

É importante notar que este atentado ocorreu ao final de uma jornada de recolhimento de roupas e brinquedos organizada por uma associação de famílias carentes nas dependências da Plume Noir.

Esta agressão mostra mais uma vez o sentimento de impunidade com que os militantes da extrema direita têm agido há vários anos, em particular aumentando o número de ações violentas nas redondezas da Croix-Rousse. Este sentimento é o resultado do estabelecimento de muitos grupos fascistas que possuem ou já possuíram instalações, especialmente no bairro de Saint Jean. Estas instalações servem como vitrines, mas também como locais de emulação e retaguarda para a realização de ações violentas, como já foi o caso, por exemplo, durante o ataque a La Plume Noire e à Rádio Canut em 2016 ou mesmo nossas próprias instalações, rue Burdeau, em 2018.

Se a prefeitura de Lyon foi informada muitas vezes dos abusos desses grupos de extrema direita, é claro que, por enquanto, nada está sendo feito para impedir suas ações, apesar da mudança da maioria municipal. Além disso, a passividade e até a complacência das autoridades policiais parecem óbvias.

Se esses pequenos grupos se permitiram por algum tempo atuar com violência e total impunidade, é porque sucessivos governos, banalizando discursos e até práticas racistas e destruindo direitos sociais, fizeram o leito de suas ideias.

Diante disso, a união departamental dos sindicatos CNT reafirma sua vontade de lutar contra o fascismo e as ideias odiosas que ele transmite, sua vontade de lutar nas lutas sociais por uma sociedade mais justa, emancipatória, anticapitalista e antifascista.

A UD CNT 69 afirma a sua solidariedade para com os nossos camaradas vítimas de agressão e continuará a sua luta contra o fascismo e todas as intolerâncias a ele associadas.

União dos sindicatos CNT du Rhône

44 rue Burdeau, 69001 LYON

Mail : ud69@cnt-f.org

Site : www.cnt69.org

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2018/04/03/franca-ataque-fascista-contra-o-local-da-cnt-de-lyon-no-pasaran/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2011/07/13/franca-extremistas-de-direita-atacam-jovem-antifascista-em-lyon/

agência de notícias anarquistas-ana

Em toda a longa viagem,
Só agora encontrei
Um cafezal!

Paulo Franchetti




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org