Março 12, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
229 visualizações


A polícia antidistúrbio grega desocupou hoje (11/03) a Universidade Aristóteles de Tessalônica, que estava ocupada há 18 dias por estudantes em protesto contra uma reforma universitária que, entre outras coisas, estabelece a presença policial permanente no campus.

Segundo a imprensa local, durante a operação, que começou às 06:00 e durou pouco mais de uma hora, os agentes prenderam 33 pessoas – 26 homens e sete mulheres.

Desse total, 19 são estudantes universitários e o restante são cidadãos que aderiram ao protesto.

Protesto à tarde reúne mais de 10 mil pessoas

As associações de estudantes, professores, grupos de esquerda e anarquistas, realizaram hoje à tarde novas manifestações em Tessalônica, a segunda maior cidade da Grécia, reunindo milhares de pessoas em protesto contra esta nova lei, aprovada em janeiro, que coloca polícias permanentemente nas universidades.

Até agora, a polícia só tinha acesso à universidade se houvesse indícios de crime ou se o reitor solicitasse.

A criação de um órgão permanente dentro dessas instituições é inédita desde o fim da ditadura em 1974.

Para isso, serão contratados mil agentes, que se estabelecerão inicialmente nas cinco maiores universidades do país.

A lei também prevê o estabelecimento de comissões disciplinares, que imporão sanções e podem até expulsar alunos que cometerem infrações durante exames, participarem em protestos no campus ou ocuparem faculdades.

Confronto entre manifestantes e polícia

Manifestantes e polícia se enfrentaram no protesto no centro de Tessalônica, quando os agentes começaram a dispersar as milhares de pessoas. Manifestantes encapuzados lançaram coquetéis molotov contra a polícia, que respondeu com gás lacrimogêneo.

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/02/26/grecia-milhares-de-estudantes-protestam-contra-nova-lei-de-seguranca-nas-universidades/

agência de notícias anarquistas-ana

À sombra do arvoredo
Alguém canta sozinho
A canção do plantio do arroz

Issa




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org