Abril 16, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
301 visualizações


A recém-aprovada “lei anti-educação” do governo grego que impõe a polícia nas universidades foi adiada em face da resistência e ação direta do movimento estudantil, marcando um recuo temporário das autoridades.

O Estado sofreu uma derrota simbólica devido às massivas, dinâmicas e contínuas mobilizações militantes da comunidade estudantil, com forte presença anarquista, por isso foi temporariamente parado.

Ontem, 14/04, o Vice-Ministro da Educação, Angelos Syrigos, afirmou num programa de televisão que a “lei anti-educação” foi adiada até setembro.

“O governo se engana se pensa que a luta dos estudantes vai parar. Pois, nossa força está na realização de nossos interesses de classe e nossas necessidades sociais, na auto-organização, resistência e afirmação coletiva. É por isso que não vamos dar um passo atrás. O Estado continuará a enfrentar o movimento estudantil e a base social, porque a luta social e de classe não está suspensa”, diz trecho de um comunicado divulgado na internet.

Hoje, 15/04, se realizaram manifestações massivas em Tessalônica (foto), Atenas e noutras cidades contra o projeto de lei que cria um corpo especial de polícia para patrulhar as universidades.

Conteúdos relacionados:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/03/12/grecia-milhares-de-pessoas-tomam-as-ruas-de-tessalonica-apos-policia-retirar-manifestantes-que-ocupavam-universidade/

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2021/02/26/grecia-milhares-de-estudantes-protestam-contra-nova-lei-de-seguranca-nas-universidades/

agência de notícias anarquistas-ana

Noite de outono –
Sonhos, roncos,
E grilos.

Suiô




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org