Novembro 20, 2020
Do Reporter Popular
203 visualizações


Fortes imagens mostram um homem negro de 40 anos espancado por seguranças do mercado Carrefor do bairro Passo D’Areia, na Zona Norte da capital gaúcha. Entre os agressores, que serão indiciados, estava um policial à paisana, fazendo bico de segurança.

Na noite desta quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra, ocorreu mais um brutal caso de violência contra uma pessoa negra. Um homem negro de 40 anos foi espancado até a morte por dois homens brancos. Segundo informações, a vítima é João Alberto Silveira Freitas.

Relatos de testemunhas indicam que José Alberto se desentendeu com uma funcionária e foi seguido ainda dentro do mercado por dois homens, um segurança e um policial à paisana (que também trabalha no mercado como segurança). As imagens mostram os dois agredindo José no estacionamento. Na frente da esposa e do pai, com quem havia ido fazer compras, José foi espancado de forma brutal. Alertamos que as imagens abaixo são muito fortes e mostram o momento do crime:

Em agosto deste ano, a rede de supermercados Carrefour foi manchete nos jornais quando um funcionário faleceu dentro da loja e foi escondido debaixo de um guarda-sol para que tudo continuasse “normal”. Em menos de um ano, dois trabalhadores perderam suas vidas dentro do Carrefour. Um foi assassinado pelo racismo e pela brutalidade policial. O outro teve sua humanidade negada mesmo na hora da morte, para que as vendas continuassem.

Nas redes sociais, está sendo chamada uma manifestação para esta sexta-feira, dia 20 de novembro, em repúdio ao covarde e brutal assassinato de José Alberto, mais uma vítima do genocídio do povo preto em solo brasileiro. Em breve, traremos informações em nossas redes sociais sobre local e horário do protesto.




Fonte: Reporterpopular.com.br