Março 22, 2022
Do Agencia De Noticias Anarquistas
345 visualizações

O anarquismo, enquanto corpo de ideias e corrente política, tem contribuído para reflexões e ações no último século e meio. Há décadas, tem sido também objeto de pesquisa internacionalmente, dentro e fora da academia, em diversas áreas do conhecimento, produzindo-se uma importante expansão assim como renovação metodológica do campo de estudos. Hoje podemos visibilizar esse processo na recuperação de arquivos e disponibilização de documentos, elaboração de produções acadêmicas e não acadêmicas, organização de projetos editoriais e publicação de textos, além de outro meios.

Fruto desses esforços convergentes, nos últimos anos, São Paulo e Buenos Aires têm sido sede de importantes encontros que reúnem pesquisadorxs de vários países. Na capital paulista, aconteceram três colóquios internacionais, organizados pela Biblioteca Terra Livre, como “Élisée Reclus e a Geografia do Novo Mundo” (Departamento de Geografia – Universidade de São Paulo, 2011), “Colóquio de Educação Libertária: 100 anos da Escola Moderna” (Faculdade de Educação – Universidade de São Paulo, 2012) e “Piotr Kropotkin: Ativismo e Pesquisa” (Departamento de Geografia – Universidade de São Paulo, 2021), entre outros. Em Buenos Aires, destacamos os “Encuentros de Investigadores/as sobre Anarquismo”, que ocorreram entre 2007 e 2015 promovidos pelo Centro de Documentación e Investigación de la Cultura de Izquierdas (CeDInCI/UNSAM). Essa instância foi decisiva para a organização, em 2016 do I Congreso Internacional de Investigadorxs sobre Anarquismo, ocorrido na capital argentina e sua segunda edição no ano de 2019 em Montevidéu impulsionado por docentes e pesquisadores da Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación da Universidad de la República del Uruguay com apoio do CeDInCI.

Agora, três anos depois, a Biblioteca Terra Livre e o CeDInCI anunciam a edição do III Congresso Internacional de Pesquisa sobre Anarquismo, a ser realizado nos dias 8, 9, 10 e 11 novembro de 2022 na cidade de São Paulo, Brasil.

Assim como nas edições anteriores, o Congresso pretende ser um espaço de diálogo e intercâmbio plural entre pesquisadores inseridos em diferentes espaços e países. Para isso, os interessados em participar podem propor apresentações de trabalhos relacionados de forma ampla com a temática. Neste sentido, como o anarquismo é um objeto de pesquisa multidisciplinar, serão aceitas as propostas originadas em diferentes áreas do conhecimento, como História, Geografia, Sociologia, Filosofia, Educação, Teoria Literária, etc.

>> Mais infos: 3congressoanarquista.noblogs.org

agência de notícias anarquistas-ana

Leve brisa
aranha na bananeira
costura uma folha.

Rodrigo de Almeida Siqueira



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org