Março 25, 2022
Do Agencia De Noticias Anarquistas
206 visualizações

Depois que as bombas começaram a cair nas cidades ucranianas para a invasão das tropas russas, músicos antiautoritários ao redor do mundo iniciaram uma colaboração com membros do coletivo Cruz Negra Anarquista para dar uma reposta. Agora, dois álbuns de coletâneas foram lançados para levantar dinheiro para anarquistas que estão lutando contra a invasão nas linhas de frente na Ucrânia, e atrás das linhas na Rússia:

https://abcmusicalsolidarity.bandcamp.com/

A invasão da Ucrânia pelos militares russos exige que Putin exerça uma violência nos dois lados do campo de batalha. Enquanto seus bombardeios e artilharia atingem as cidades ucranianas, e seus tanques rolam sobre os campos e atolam na lama da primavera, o estado russo mantém a disciplina da guerra em casa. A OMON [Unidade Móvel de Propósitos Especiais] e o FSB [Serviço Federal de Segurança] perseguem os manifestantes antiguerra. Quando conscritos se recusam a participar em sua guerra imperialista, recebem ameaças e punições dos seus oficiais.

Em Kiev e outras cidades, o movimento anarquista ucraniano – que inclui muitos camaradas exilados, russos e bielorrussos – pegou em armas. Eles estão lutando para defender suas comunidades, seus camaradas, e uma visão liberatória do futuro da Ucrânia, separados das aspirações da direita e do estado. Enquanto isso, ao redor da Rússia, nossos camaradas tomaram as ruas seja de dia em marchas massivas, ou à noite para espalhar a verdade sobre a guerra através de meios criativos, ou para fazer ações mais diretas. Um escritório de conscrição foi incendiado próximo a Moscou. Nas palavras daquele heróico incendiário, “Deixe [os oligarcas] saberem que seu próprio povo os odeia e vão extingui-los. Logo a terra começará a queimar sob seus pés. O que os aguarda em casa é o inferno.”

Apoiando a luta contra a invasão no front e atrás das linhas, nós esperamos nutrir as sementes do movimento que pode mudar o rumo dessa guerra entre nações em uma revolução contra a classe dominante – uma nova primavera de autonomia e solidariedade tomando a estepe.

O primeiro álbum, “The Deserter”, é para levantar fundos para a Cruz Negra Anarquista em Moscou. Assim apoiamos a defesa jurídica e a proteção geral daqueles dentro da Federação Russa que estão resistindo à guerra e lutando contra a opressão do estado russo. Apresentando uma papoula negra e um “Z” riscado do movimento antiguerra na capa, o disco trás músicas sobre prisioneiros políticos, inflação, mães de soldados, barricadas, e claro, deserção.

O segundo álbum, “Mother Anarchy”, está levantando fundos para a Cruz Negra Anarquista de Dresden (Alemanha), para ser dirigido ao seu trabalho de apoio ao Comitê de Resistência, uma unidade anarquista dentro das forças de Defesa Territoriais, formada por ativistas antiautoritários na Ucrânia. Começando com a música “Mother Anarchy” escrita por Nestor Makhno, o disco nos leva em uma jornada através do hip hop Sul Africano, lo-fi, punk alemão, ska, e versões makhnovistas de baladas cossacas.

A lineup inclui alguns nomes como Soundz of the South, Darryl Cherney, the Window Smashing Job Creatorsm Maske, Soho, e um coletivo folk formado para esse projeto, que atende pelo pseudônimo de Tchakanka.

Os discos estão sendo vendidos pelo Bandcam ABC Musical Solidarity por no mínimo 8$ cada, com a opção de pagar a mais para apoiar a causa.

Fonte: https://north-shore.info/2022/03/16/albums-against-the-invasion-from-anarchist-black-cross-musical-solidarity-group/

Tradução > 1984

agência de notícias anarquistas-ana

pote virado –
a terra e o gato bebem
o leite derramado

Milijan Despotovic



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org