Março 17, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
377 visualizações


Louise Michel nasceu na França no final do século XIX, a partir de uma relação extraconjugal entre sua mãe, uma empregada, e o “dono da casa”. Enquanto seus avós estiveram vivos, ela será criada no conforto da burguesia e acima de tudo terá a oportunidade de se tornar culturalmente emancipada e educada. Isto é mais do que raro para uma garota de seu tempo. Isto alimentará grandemente o fogo da rebelião que já está ardendo dentro dela. Sempre coberta de arranhões e hematomas, ela rouba na casa de seus avós burgueses para distribuir um pouco de sua riqueza para a população mais pobre. Ela não se vangloria de seus privilégios. Ela não os reivindica; ela sabe que não merece mais o que tem do que aqueles que não têm nada. Assim, ela tenta compensar o que percebe como uma injustiça insuportável.

Ele ama os oprimidos e odeia os opressores. Realiza o conceito de anti-especismo, muito antes mesmo de o termo ser imaginado. Odeia reis e imperadores e sonha em matar Napoleão. Por volta dos 13 anos, ela assusta todos os seus pretendentes e não pensa sequer em casar, “ela não quer ser a sopa do homem”. Alguns anos mais tarde, seus avós morrem e ela e sua mãe são expulsas de casa. Elas se mudam para Paris, onde, pouco tempo depois, Louise liderará a revolução e se tornará uma figura emblemática da Comuna.

Ela viverá muitas outras aventuras. Aventuras que chamar de emocionantes é insuficiente…

Torce Nella Notte

Tradução > Liberto

Conteúdo relacionado:

https://noticiasanarquistas.noblogs.org/post/2020/05/28/italia-projeto-torce-nella-notte/

agência de notícias anarquistas-ana

o sol inclinado
leva até minha parede
o gato do telhado

José Santos




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org