Junho 30, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
204 visualizações


S i n o p s e

Neste livro o autor não se compraz em contemplar a si próprio. Não é daqueles que gostam de falar da sua pessoa e quando o faz é contrafeito e com uma certa timidez. Aqui não se encontram confissões que revelam o homem íntimo, nem sentimentalismo ou cinismo. O autor não fala de suas virtudes nem de seus vícios; não revela ao leitor nenhuma intimidade vulgar. Não nos fala de amores e as suas relações com o belo sexo são tão pouco mencionadas que só incidentemente sabemos que ele é casado. É pai e pai carinhoso, mas menciona-o apenas uma vez, quando faz um resumo rápido dos últimos dezesseis anos da sua vida. Tem mais interesse em mostrar-nos a psicologia dos seus contemporâneos do que a sua e no seu livro encontramos a psicologia da Rússia: da Rússia oficial e das massas populares, da Rússia que luta pelo progresso e da Rússia reacionária. Prefere contar a história dos seus contemporâneos a contar a sua; por isso a narração da sua vida contém a história da Rússia da sua época como também a história do movimento operário da Europa, na última metade do século. Quando se analisa a si próprio, vemos refletir-se nele todo o mundo exterior.

Memórias de um revolucionário

Autor: Piotr Kropotkin

Editora: CCS

Ano: 2021

405 págs

R$ 45,00

ccssp.com.br/livrariaccs

agência de notícias anarquistas-ana

nuvem de mosquitos
o ar se move
vento nenhum

Alice Ruiz




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org