Agosto 25, 2021
Do Reporter Popular
210 visualizações


Repórter Popular – Maricá (RJ)

Desde a autorização da prefeitura de Maricá para o retorno das aulas presenciais da rede municipal, os casos de covid-19 se multiplicam aceleradamente nas escolas. As aulas presenciais começaram no dia 05 de julho, sob o argumento de que o protocolo adotado garantiria a segurança dos profissionais da educação e dos alunos. Contudo, a esmagadora maioria dos profissionais da rede municipal, retornou em julho, apenas com a primeira dose da vacina, o que motivou a categoria a decretar uma greve dos trabalhos presenciais que se estende por mais de 1 mês.

Também falta transparência em relação aos casos de covid-19 na rede municipal. O Sindicato dos Profissionais em Educação do Município de Maricá vem denunciando e registrando os casos frequentemente em sua página de facebook. Contudo, a Secretaria Municipal de Educação (SME), só recentemente se posicionou em relação ao caso e sem apresentar o quantitativo de escolas com casos na rede. A SME também não explica porque algumas escolas seguem funcionando, mesmo com casos confirmados e testados de covid-19.

Educadores/as também denunciam que a maioria das escolas com casos de covid-19 não foram fechadas e seguem funcionando normalmente. Aumentam os casos de alunos afastados por “gripe” ou mesmo por covid e a categoria segue preocupada com a vida dos seus alunos e a sua própria.

Na terça-feira, a categoria da educação denunciou na Praça de Turismo o que está acontecendo na rede municipal de Maricá. A esmagadora maioria das promessas feitas pelo vice-prefeito Diego Zeidan na audiência, principalmente em relação aos protocolos de segurança, não foram cumpridas. A categoria e os alunos da rede municipal seguem com medo. Diante o avanço da variante delta e a não-imunização completa da população da cidade, o risco é real.  A covid avança dentro das escolas maricaenses com a complacência de gestores municipais e políticos da cidade.

Abaixo, a lista de escolas com casos confirmados de covid-19 na rede municipal da cidade. Essa lista foi montada com base nas informações e denúncias averiguadas pelo Sindicato e disponíveis em todos os seus comunicados oficiais. São 23, das 65 escolas da rede municipal, o que representa mais de 35% das escolas da rede.

Professores se reuniram na praça do turismo pra denunciar a situação das escolas municipais em Maricá. Atividade foi realizada nesta terça-feira, às 15h, na Praça do Turismo

Lista de escolas da rede municipal de Maricá com casos confirmados de covid-19

• C.A.I.C.
• CEIM Marilza da Conceição
• CEIM Recanto da Amizade
• CEIM Valéria Ramos Passos
• CEPT Zilca Lopes da Fontoura ok
• E. M. Alcebíades Afonso Viana
• E. M. Antônio Lopes
• E. M. Anísio Teixeira
• E. M. Carlos Manoel Costa Lima
• E. M. Carlos Magno
• E. M. Clério Boechat
• E. M. Dirce Marinho
• E. M. Jacintho Luiz Caetano
• E. M. João Bezerra
• E. M. João Monteiro
• E. M. Maria Cristina de Lima Correa
• E. M. Maurício Antunes
• E. M. Pindobas
• E. M. Prof. Darcy Ribeiro
• E.M. Prof. Lucio Thomé Guerra Feteira
• E. M. Romilda Nunes Linda o
• E. M. Ver. Aniceto Elias
• E. Municipalizada de Inoã




Fonte: Reporterpopular.com.br