Dezembro 4, 2020
Do Agencia De Noticias Anarquistas
302 visualizações


Por Marcolino Jeremias | 03/12/2020

O Grupo Dramático Cultura Social, foi um grupo de teatro social anarquista que atuou bastante no Rio de Janeiro, especialmente entre 1913 e 1914.

Muitas das peças eram escritas pelos próprios operários do grupo, que estreou sua primeira performance em dezembro de 1913. Segundo suas próprias definições eles se organizavam obedecendo o livre acordo entre os indivíduos do grupo.

Realizaram festivais beneficentes ao Centro de Estudos Sociais, à Confederação Operária Brasileira e ao periódico ‘A Voz do Trabalhador’. Faziam parte do Grupo Dramático Cultura Social: José Alves, Paschoal Gravina, Zenon de Almeida, Jose Wisman, Juana Rouco Buela, Antonio Moreira, Leal Junior, Demetrio Minhana, José Minhana (menino), Plutarco Filinto, Gonçalves de Oliveira, Albino Fernandes, Luiz Sanz, Antonio Castro, Luiz Arthur Mas, Manoel Medina, Santiago Vazquez, Frutuoso Alsó, Lucia Alsó, Marietta Alsó, Manoel Alves, Santos Barbosa, Arthur Guimarães, Aquilino Lopes, Antonio Currito, Heitor Duarte Luiz, entre outros…

O padeiro anarquista, Lino Garrido, ao convidar a população para as peças teatrais do grupo, assim se expressava: “Lembrai-vos que o teatro é uma escola onde muito se aprende, e para se poder bem viver é necessário aprender, principalmente nesta época, em que o ignorante é torpemente explorado, e não procura os seus camaradas que se colocaram atrás de uma forte muralha que é o sindicato“.

agência de notícias anarquistas-ana

Entre pernas guardas:
casa de água
e uma rajada de pássaros.

Olga Savary




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org