Julho 15, 2022
Do Passa Palavra
293 visualizações

Na mesma região onde, em junho, jihadistas mataram pelo menos 50 pessoas numa igreja católica, um pastor pentecostal e seu assistente mantiveram reféns, por meses, 77 pessoas, 26 delas crianças, à espera da segunda vinda de Cristo. É a Nigéria, em julho de 2022. Passa Palavra




Fonte: Passapalavra.info