Maio 28, 2021
Do Reporter Popular
280 visualizações


Quem depende do transporte público em Nova Santa Rita já sabe, é preciso se acostumar com os constantes atrasos, linhas que não aparecem, veículos sucateados e cheios de goteiras e demais dificuldades de um acumulado de problemas decorrentes da má gestão pública e privada. As reclamações dos usuários lotam as redes sociais, repercutem nas autoridades municipais, e chegam até a Metroplan, instituição responsável pela fiscalização, mas o resultado, apesar das multas, não gera soluções aos usuários.

Cansados desse cenário, um grupo de moradores resolveu se organizar para que juntos possam pressionar os poderes envolvidos através da mobilização popular, coletando as reclamações, criando e expondo propostas advindas diretamente dos trabalhadores. A ideia é construir um poder político alternativo, que possa representar presencialmente os interesses populares, não somente dos usuários mas também dos trabalhadores do setor. Há mais de um ano que os trabalhadores da concessionária municipal sobrevivem com incertezas sobre o pagamento de seus salários e benefícios, devido a atrasos e parcelamentos, além de acumularem o estresse diário das reclamações dos usuários do transporte.

O Comitê Popular pelo Transporte Público de Nova Santa Rita se apresentou nesta quarta-feira (26/05) através das redes sociais e, em contato com o Repórter Popular, diz estar em fase de organização, documentando os registros acumulados de reclamações, mas já se coloca a disposição de usuários e trabalhadores do transporte público, que, por hora, podem entrar em contato com a organização através de sua página no Facebook Comitê Popular pelo Transporte Público ou pelo e-mail comitepopulartransporte@gmail.com.




Fonte: Reporterpopular.com.br