Março 1, 2022
Do
216 visualizações

As/os trabalhadoras/es do mundo foram surpreendidos com a invasão militar imperialista da Russia contra a Ucrânia. Alegando se defender da expansão da OTAN, Putin ordenou a invasão da Ucrânia.

A Ucrânia que já era um país dos mais pobres da Europa, vê seu povo sofrendo ainda mais com a pauperização, a perda de suas casas e terras devido a guerra, e ainda a perda das vidas das jovens vidas, convocadas forçadamente a se alistar para lutar numa guerra que não é a sua.

Quem lucra com a guerra são as elites, o rentismo, que retira dinheiro de uma forma de investimento, e leva seu dinheiro para outros países, sugando ainda mais novos recursos, enquanto o povo morre numa guerra imperialista.

As elites internacionais disputam quem suga mais o sangue da classe trabalhadora, quem extrai mais recursos e retira comunidades tradicionais de suas terras. Agora as elites internacionais decidem ir para o confronto aberto, levando trabalhadores de diversas nações a morrerem por uma guerra que não é sua. A guerra dos trabalhadores é a guerra de classes, o combate aos exploradores do nosso trabalho, dos latifundiários que tomam as terras dos povos e matam a natureza através dos agrotóxicos e devastação ambiental, e é pra essa guerra que modestamente, nós do campo do Sindicalismo Revolucionário devemos preparar a nós e todos os trabalhadores, para lutarmos por nosso programa: paz, terra, comida e saúde para os nossos povos.

Os fascismos são instrumentalizados em ambos os lados do conflito, portanto, não existe o que se defender nessa guerra, a não ser a derrota do invasor, o armamento da população, a coletivização das terras e meios de produção, para que ninguém mais viva do trabalho alheio.

Convocamos a nossa classe a realizar fortes manifestações contra a guerra, contra a invasão Russa, contra a expansão da OTAN e pelo seu FIM, instrumento militar do imperialismo estadunidense, bem como a lutar contra o militarismo, para que os nossos jovens não corram risco de morrer em conflitos que não são os seus.

NÃO À GUERRA!

NÃO A EXPANSÃO DA OTAN! PELO FIM DA OTAN!

SAÍDA IMEDIATA DAS TROPAS RUSSAS DA UCRÂNIA




Fonte: Lutafob.org