146 visualizações


Na próxima terça feira, 26 Fevereiro, a Faculdade de Economia da UC vai receber, como palestrante, Jean Wyllys, ex-deputado brasileiro que abandonou o seu país no seguimento das repetidas ameaças de morte por parte de milícias paramilitares, apoiadas pelo novo governo brasileiro, e já envolvidas no assassinato da vereadora e ativista Marielle Franco.

Jean Wyllys é atacado pela extrema-direita enquanto símbolo da defesa dos direitos LGBT. Direitos que são alvo de renovados ataques neste momento histórico de ressurgimento dos nacionalismos e de fascismos, patriarcais e racistas. O governo de Bolsonaro é um destes, e representa uma expressão de poder violento e autoritário contra o qual, enquanto antifascistas, tomamos uma posição de radical condenação.

Ao mesmo tempo, não podemos fechar os olhos às posições extremamente problemáticas que Jean Wyllys sempre tomou em defesa do estado opressor de Israel, que historicamente utiliza a defesa dos direitos LGBT para limpar a sua própria imagem e difundir propaganda Islamofóbica que pretende esconder o projeto violento de extermínio do povo palestino (mecanismo de propaganda conhecido como pinkwashing).

Colocamo-nos ao lado de quem, tanto no Brasil como no resto do Mundo, luta todos os dias nas periferias, nas ruas e nas próprias casas pela organização coletiva de uma felicidade radical. Que luta pelo resgate de uma vida digna, de forma combativa, e livre de qualquer forma de opressão.

Da mesma maneira, recusamos inequivocamente qualquer expressão de ridículas tentativas de recuperação de práticas fascistas na cidade de Coimbra. Não vamos dar espaço a quem acha que pode espalhar mensagens de ódio homofóbicas, racistas, xenófobas e sexistas: nas nossas cidades não há tolerância nenhuma para eles.
Por estas razões, convidamos toda a comunidade de Coimbra, estudantil ou não, a juntar-se a nós para mostrarmos, neste dia, que as nossas ruas são antifascistas, anti-zionistas, anti-racistas, anti-homofóbicas, anti-sexistas e solidárias; agora e sempre. Fascismo nunca mais!
 
Concentração às 13h na Cruz de Celas, para posterior caminho, pelas 13h30, até à manifestação antifascista agendada para a FEUC às 14h.




Fonte: Rell-estudantil.weebly.com