Outubro 1, 2021
Do Agencia De Noticias Anarquistas
385 visualizações


Uma dezena de policiais ficaram feridos nesta quarta-feira (29/09) durante um confronto com indígenas e camponeses em frente ao Congresso do Paraguai, que aprovou uma lei para endurecer as penas contra invasores de terras privadas.

Cerca de 2 mil indígenas, segundo a imprensa local, incendiaram com coquetéis molotov três veículos estacionados e atacaram com pedaços de pau e pedras os policiais, que usaram gás lacrimogêneo para dispersar os manifestantes.

Vídeos exibidos pela imprensa local mostram dois agentes com cortes na cabeça, outro agredido no chão e um quarto socorrido após levar uma flechada na coxa.

Agora a lei precisa ser assinada pelo presidente Mario Abdo Benítez para que entre em vigor.

Grupos indígenas e camponeses indicaram que os protestos continuarão se a lei não for retirada ou vetada por Abdo Benítez em 48 horas.

Segundo a Federação Nacional dos Camponeses, o problema de fundo se remonta à época em que muitos camponeses e indígenas tiveram suas terras retiradas e entregues a proprietários ou pessoas próximas ao governo militar de Alfredo Stroessner, entre 1954 e 1989.

Um relatório da Comissão da Verdade e Justiça, criada para apurar as violações ocorridas durante o regime de Stroessner, apontou em 2006 que cerca de dois terços das terras entregues durante a reforma agrária orquestrada por aquele governo foram para pessoas próximas às autoridades.

Desde então, esses grupos camponeses e indígenas vêm tentando recuperar essas terras e uma de suas estratégias têm sido a invasão e ocupação temporária.

“Eles nunca resolveram o problema da terra e querem nos fazer parecer criminosos. Querem criminalizar a luta pelo direito à terra“, disse Derlis López, uma das lideranças indígenas, a vários meios de comunicação locais.

E acrescentou: “Vamos vir em massa caso a lei seja promulgada, não vamos mais calar a boca”.

Fonte: agências de notícias

agência de notícias anarquistas-ana

Brilho da lua se move para oeste
a sombra das flores
caminha para leste.

Buson



on Twitter


on Facebook


on Google+




Fonte: Noticiasanarquistas.noblogs.org